Marcos reclama de atletas que vão atrás de "menininhas"

Marcos não escondeu o desânimo e desabafou ainda no gramado

O goleiro Marcos praticamente jogou a toalha nesta quarta-feira. O empate com o rebaixado Sport, por 2 a 2, no Palestra Itália, pode ter sido fatal para as pretensões do Palmeiras no Campeonato Brasileiro.

Ao final do jogo, o capitão do time criticou a atuação do primeiro tempo, quando o Sport abriu 2 a 0 com 16 minutos de bola rolando.

- A torcida espera ver este Palmeiras do segundo tempo, e não aquele medroso do primeiro. Só não podemos achar que o empate está bom, porque não está. Saio bem chateado e sei que as chances de ser campeão agora ficaram bem pequenas.

Marcos não escondeu o desânimo e desabafou ainda no gramado.

- É uma das maiores decepções da minha vida. Um título que estava tão perto agora está tão longe, comentou o goleiro, que questionou a apatia da equipe.

- Não é todo mundo que tem personalidade. Eu tentei incentivar, criticar, xingar, passar a mão na cabeça... já fiz de tudo! E nada deu resultado.

Depois de tantas tentativas, o goleiro descobriu o maior problema da equipe: falta de experiência.

Faz três meses que venho falando com os mais jovens. No começo do campeonato de pontos corridos é tudo muito fácil, mas na hora que a corda aperta é que se vê, comentou.

E o goleiro disse mais:

- O problema é jogador que vem pensando em pegar as menininhas e não se doa em campo. Estou me esgotando disso. Desde que cheguei aqui fui cobrado. Tento cobrar dos outros agora, mas não são todos que respondem bem. Hoje, jogador parece pensar que se não der certo aqui, tudo bem, tenta em outro time.

Fonte: R7, www.r7.com