Mari do vôlei passa bem após cirurgia e deve estar de volta em seis meses

Mari do vôlei passa bem após cirurgia e deve estar de volta em seis meses

O procedimento aconteceu em uma clínica no Rio de Janeiro e a atleta deve ter alta em no máximo dois dias.

Campeã olímpica em Pequim, a jogadora de vôlei Mari passou por uma cirurgia na manhã desta quarta-feira para reconstruir o ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo. O procedimento aconteceu em uma clínica no Rio de Janeiro e a atleta deve ter alta em no máximo dois dias.

Mari lesionou o joelho em fevereiro, enquanto defendia o Fenerbahce da Turquia. O procedimento cirúrgico demorou cerca de quatro horas e, além do problema no ligamento, os médicos também detectaram um edema ósseo na região. O prazo para o retorno às quadras é de cerca de seis meses.

"O pior, que era a cirurgia, já foi. Graças a Deus deu tudo certo! Agora vem outro momento, não menos doloroso, mas que depende de muita paciência e dedicação. Será um degrau a cada dia. Horas e mais horas de fisioterapia para conseguir recuperar meus movimentos o mais rápido possível", afirmou a atleta após a cirurgia.

Já nesta quinta-feira, Mari deve tentar andar de muletas e começará o processo de fisioterapia dentro de duas semanas. De acordo com a atleta, controlar a ansiedade de retornar às quadras será o maior desafio.

"O Dr. Ney Pecegueiro, responsável pela operação, disse que preciso controlar minha ansiedade. Como me recupero bem de lesões e da outra vez voltei em cinco meses, estou apostando que agora não será diferente. Quero voltar a jogar o mais rápido possível", afirma.

Fonte: UOL