Massa culpa Magnussen por acidente no GP da Alemanha: "É o carro de trás que tem que frear"

Massa culpa Magnussen por acidente no GP da Alemanha: "É o carro de trás que tem que frear"

Dinamarquês da McLaren se defende: "Eu realmente não podia fazer nada"

Pela segunda corrida consecutiva, Felipe Massa abandonou após um acidente na primeira volta. No GP da Alemanha deste domingo, o piloto da Williams capotou ao bater com Kevin Magnussen, da McLaren. Apesar da direção de prova considerar o choque como ?acidente de corrida? e não aplicar nenhuma punição aos envolvidos, Massa acredita que o dinamarquês foi responsável pelo acidente:

- Eu estava na frente. Estava fazendo a curva na frente dele. Se alguém tem que olhar, é o carro que está atrás. Não vi o replay ainda, mas normalmente é o carro de trás que tem que frear. Em uma curva, você não pode ter três carros lado a lado. Eu tirei um pouco o pé para não ficar lado a lado com meu companheiro (Valtteri Bottas). Normalmente é um garoto que vem da GP2 que causa esses acidentes... ? disparou o brasileiro, fazendo alusão à falta de experiência do piloto de 21 anos, que não tem passagem pela GP2, mas é campeão da F-Renault 3.5.

Na corrida anterior, na Inglaterra, o brasileiro foi tirado por Kimi Raikkonen, que tinha rodado sozinho.Os dois acidentes em seguida deixaram Massa irritado.

- O que me deixa mais desapontado é que foi mais uma corrida que um outro carro me tira - lamentou.


Massa culpa Magnussen por acidente:

Já Magnussen procurou se defender:

- Claro que se eu tivesse como ir para algum lugar eu evitaria o contato. Lamento pela situação. Fiz o máximo para tentar evitá-lo, mas eu realmente não podia fazer nada. Eu não estava disputando posição com ele, então tocar com ele foi muita infelicidade - declarou Kevin.

Mesmo com o choque, o dinamarquês da McLaren seguiu na corrida e ainda terminou em nono. A prova foi interrompida com bandeira amarela para a retirada do carro de Massa e recomeçou logo depois. O vencedor foi Nico Rosberg, da Mercedes.

Apesar do susto, está tudo bem com Felipe Massa. Ele saiu caminhando normalmente de sua Williams e pegou carona no carro médico para voltar ao paddock. Lá, ele visitou o centro médico para exames de precaução e foi liberado logo em seguida.

Antes de acusar Magnussen, Massa tinha adotado um tom mais cauteloso e evitado responsabilizar o dinamarquês em entrevista à TV Globo logo na saída da pista.

- Estava na frente dele, ele estava atrás de mim. Nem sei o que aconteceu. Entrei na curva do lado do meu companheiro. Na hora que eu virei, comecei a curva, senti o toque na roda traseira e saí capotando. É muito difícil para eu responder. É difícil analisar.

Fonte: GloboEsporte