Massa revela que chegou a pensar em aposentadoria e mudar de equipe

Massa revela que chegou a pensar em aposentadoria e mudar de equipe

Durante a difícil fase que viveu no 1º semestre do ano passado, brasileiro diz que também cogitou deixar a Ferrari

Durante aquele que provavelmente foi o pior período de toda sua carreira, Felipe Massa revelou ter chegado a pensar em se aposentar da F1 ao fim de 2012.

Enquanto o companheiro Fernando Alonso conquistava grandes resultados para a Ferrari no primeiro semestre do ano passado, o brasileiro se perdia entre erros e falta de desempenho, com atuações que o levaram até a ser chamado de ?desperdício de gasolina? pela revista italiana ?Autosprint?.

Em entrevista ao canal britânico ?BBC?, durante o evento Wrooom, promovido pela Ferrari em Madonna di Campiglio, o piloto de 31 anos também relatou ter cogitado deixar a Ferrari, afirmando que ?muita coisa passou pela sua cabeça? durante a conturbada fase.

?Sim?, respondeu, ao ser perguntado sobre a ideia de se aposentar ao fim da última temporada. ?Pensei sobre muitas coisas. Pensei que talvez estivesse acabado, ou em talvez não ficar na Ferrari. Eu não sabia o que iria acontecer. Muitas coisas estavam dentro da minha cabeça?, contou.

Conforme já havia dito à revista brasileira ESPN, no meio ano passado, Massa voltou a mencionar a busca de auxílio psicológico para tentar recuperar a boa forma, mas também frisou o apoio da família para o sucesso de sua recuperação.

Por tudo isso, o vice-campeão de 2008 ressurgiu com uma nova postura e desempenho convincente na segunda metade da temporada, algo crucial para que a Ferrari renovasse seu contrato por mais um ano e permitisse que ele defendesse a escuderia de Maranello pela oitava temporada seguida.

?Conversei com todo o mundo, mas também fiz um trabalho com um psicólogo profissional da área esportiva. Isso foi só o começo. Depois disso, eu consegui mudar a direção dos pensamentos e do trabalho. Acho que fiz uma espécie de treinamento. Mas também acho que minha família ajuda, com certeza 100%?, resumiu.

Felipe salientou ainda a importância de converter a nova conduta em conquistas positivas dentro da pista. ?Os resultados são a coisa mais importante. Se você é capaz de mostrar que as coisas podem mudar muito rapidamente na F1, as pessoas que estavam certas de que você já era começam a dizer coisas diferentes depois?, ressaltou.

?Muita gente disse que eu estava só desperdiçando gasolina no começo do ano. Depois, elas queriam que eu ficasse na Ferrari, porque era a melhor opção. É importante trabalhar para ter bons resultados. Se você tiver isso, nada mais importa?, seguiu.

Por fim, Massa repetiu uma afirmação, feita já no ano passado, de que considera Alonso o companheiro de equipe mais difícil que já teve na carreira, mesmo em comparação com Michael Schumacher.

Fonte: UOL