Felipe Massa vê chuva e se preocupa com GP

Carros lentos também afligem o brasileiro, sétimo na F-1, nas ruas de Monte Carlo

O brasileiro Felipe Massa, da Ferrari, afirmou que a chuva em Monte Carlo, observada da sua própria janela, é mais uma preocupação para o GP de Mônaco de Fórmula 1, neste domingo (16).

Massa é apenas o sétimo colocado no campeonato, com 49 pontos - está 21 atrás do líder, Jenson Button (McLaren), e com uma desvantagem de 18 pontos para seu companheiro de equipe, Fernando Alonso.

Em seu blog na Ferrari, Massa, que mora no principado de Mônaco, falou sobre o fim de semana da corrida.

- Sentando aqui em casa, em Mônaco, na terça-feira à tarde, posso ver a chuva caindo pela janela, então o fim de semana promete ser complicado e empolgante. É minha segunda corrida em casa, depois do Brasil.

Outra preocupação do piloto são os carros lentos das seis equipes novatas (Hispania, Virgin e Lotus), que podem atrapalhar mais em Mônaco por causa da pista travada e dos poucos pontos de ultrapassagem. Por isso, Massa admite mudar a estratégia no treino classificatório.

- Fazer o carro funcionar o melhor possível será ainda mais importante que o normal no sábado à tarde, porque o tráfego sempre foi um problema nessa corrida. Com quatro carros a mais na pista e, sem querer ser crítico demais, com seis carros consideravelmente mais lentos na pista, a primeira parte do treino pode ser uma loteria.

- Sem dúvida, usaremos uma estratégia diferente na classificação, talvez colocando mais combustível para poder completar mais voltas que o normal e ter uma margem de segurança, para não ficarmos sem um tempo competitivo.

Pneus

Com problemas de aderência nas últimas provas, Massa também disse esperar uma melhora em Mônaco, onde o composto será diferente das corridas da China e Espanha. Nessas duas etapas, a opção por pneus duros ou macios não agradou ao brasileiro, que teve problemas.

- Espero ser mais competitivo principalmente porque a Bridgestone está trazendo os compostos supermacios e médios, e eu prefiro essa combinação. Tivemos essas duas escolhas no Bahrein, onde consegui muito mais aderência do que nas outras corridas.

Fonte: R7, www.r7.com