Média de público de time campeão da Série D supera equipes da A

Média de público de time campeão da Série D supera equipes da A

Levando 19.884 pagantes ao Castelão durante sua campanha na Série D, o Sampaio alcançou a quinta melhor média de público do Brasil no ano

Campeão invicto da Série D no último domingo, o Sampaio Corrêa, do Maranhão, conquistou marcas históricas no futebol brasileiro. Além de ter levado seu terceiro título nacional (a equipe também ganhou a Série B em 1972 e a Série C em 1997) e se tornado o primeiro time campeão em três divisões diferentes, o clube de São Luís teve ótima média de público e deixou para trás 17 equipes da primeira divisão no quesito torcida. Só não superou Corinthians, Grêmio e São Paulo.



Levando 19.884 pagantes ao Castelão durante sua campanha na Série D, o Sampaio alcançou a quinta melhor média de público do Brasil no ano, ficando atrás de Santa Cruz (24.481 torcedores/jogo), Corinthians (23.681), Grêmio (20.416) e São Paulo (20.181). Comparando com o atual líder da Série A, então, a marca conquistada pelo time maranhense fica ainda mais espantosa: o Fluminense coloca 12,6 mil torcedores por partida no estádio, cerca de 7 mil a menos do que o Sampaio Corrêa.

Apesar da boa média de público, também deve ser ressaltado que o clube de São Luís disputou oito partidas em casa durante a Série D, enquanto os times da Série A já jogaram 16 vezes em seus domínios. Isso, porém, não diminuiu o feito do Sampaio, que também supera todas as equipes da Série B, por exemplo. Na Segundona, nenhuma equipe tem média de público superior a 14 mil torcedores por jogo.

O maior público da equipe tricolor, aliás, foi o do último domingo. 40.283 torcedores abarrotaram o Castelão e assistiram à vitória por 2 a 0 do Sampaio Corrêa sobre o Crac, de Goiás, resultado que deu o inédito título da Série D à equipe da região Nordeste. O título também dá aos maranhenses a oportunidade de disputar a Série C na próxima temporada, ao lado do vice-campeão Crac e de Baraúnas-RN e Mogi Mirim-SP.

Fonte: UOL