Médico descarta infarto em Oswaldo de Oliveira e prevê alta para domingo

Oswaldo vai desfalcar o time na próxima partida


Médico descarta infarto em Oswaldo de Oliveira e prevê alta para domingo
As fortes dores que o técnico Oswaldo de Oliveira sentiu no final da partida em que o Botafogo foi derrotado por 1 a 0 pelo Grêmio, pelo Campeonato Brasileiro, não passaram de um susto. Na noite deste sábado, os médicos da Casa de Saúde São José, clínica para onde o treinador foi encaminhado, descartaram um infarto e afirmaram que deve receber alta no domingo. Além disso, Oswaldo vai desfalcar o time na próxima partida.

?O Oswaldo teve uma arritmia cardíaca e está estável. Ele sentiu uma palpitação forte no gramado, estamos vendo por que aconteceu isso. Pode ser por causa de um remédio que ele não tomou. Estresse e emoções fortes também causam isso, mas o mais provável é que não tenha tomado os remédios de pressão?, afirmou Fabrício Braga, chefe da Unidade coronariana da clínica.

Oswaldo confirmou aos médicos que esqueceu de tomar remédios para pressão nos últimos dias. Nesta quarta-feira, ele deixou o gramado caminhando normalmente no Maracanã, após jogo em que seu time acabou derrotado, mesmo jogando com um homem a mais. No vestiário, foi atendido e então encaminhado para a Casa de Saúde São José. Esteve lúcido todo o tempo e não correu risco de morte.

?Exames adicionais vão ser feitos ainda, mas ele pode ser liberado para ir para casa neste domingo. Vai passar a noite na unidade coronariana ? é uma unidade intensiva. Amanhã (domingo), se tudo correr bem, se os exames derem negativo e indicarem que a arritmia foi revertida, será liberado?, explicou Fabrício Braga. O médico já adiantou que Oswaldo não comandará o Botafogo na próxima rodada do Brasileiro.

?Uma pessoa que sofre esse problema de arritmia tem que ficar 72 horas sem atividade profissional. Isso independente da profissão?, disse o médico. O Botafogo volta a campo na quarta-feira contra o Náutico, na Arena Pernambuco. A equipe sofre com cinco jogos consecutivos sem vitória e, neste sábado, foi vaiado pela torcida ao perder para o Grêmio jogando com um homem a mais desde os 30min do primeiro tempo.

Fonte: Terra, www.terra.com.br