Médico do Corinthians crê em lesão mal tratada de Pato no Milan

Pato teve mais de 15 lesões musculares nos últimos anos

O médico do Corinthians, Joaquim Grava, está convicto de que Alexandre Pato atuará em perfeitas condições físicas no clube caso a transação com o Milan se concretize. Responsável pelo departamento médico do time paulista, Grava entende que os seguidos problemas musculares apresentados pelo jogador podem ter sido consequência de tratamentos inadequados realizados na Itália.


Médico do Corinthians crê em lesão mal tratada de Pato no Milan

Pato teve mais de 15 lesões musculares nos últimos anos. De acordo com Joaquim Grava, repetidos problemas no músculo evidenciam mau tratamento médico.

?Provavelmente esse menino não apresentava contusões antes de ir para Itália. E na seleção ele fez vários jogos. Alguma coisa pode estar errada onde está ele jogando. A lesão muscular volta a se tornar problema quando é mal curada?, disse Grava à rádio Jovem Pan.

?A torcida pode ficar tranquila porque se ele vier haverá tratamento adequado a ele?, acrescentou o médico.

Grava argumenta que um grande equívoco em recuperação de lesão muscular acontece quando o atleta passa a não sentir mais dor.

Nem sempre a falta de dor significa recuperação, frisa Grava. E uma vez o atleta voltando a campo achando que venceu uma lesão muscular tem potencializado o risco de uma nova contusão.

?A lesão muscular é o grande desafio de um médico no esporte. Quando se tem uma fratura, você sabe que terá de consolidar um tempo para recuperação e, portanto, se afasta para tratar. Na lesão muscular não se sabe o tempo exato. Existe uma ideia errada de que quando não se tem mais a dor na lesão muscular é sinal de recuperação. Não deve se olhar se ele está bem, se o sintoma passou, mas sim se suas funções estão sendo feitas em dia. Não é simples?, complementou o médico.

Caso acerte com o Corinthians, Pato voltará a trabalhar com o preparador físico Fábio Mahseredjian, com quem esteve no Inter.

Pato fez avaliação clínica por conta própria no Brasil

Uma das razões para Pato desejar atuar no Corinthians é a maneira como será tratado fisicamente no clube. Ele contesta o método utilizado pelo Milan no tratamento de lesões.

O atacante esteve em São Paulo no primeiro semestre para realização de exames médicos por conta própria na clínica do fisiologista Turíbio Leite, ex-profissional do São Paulo. A avaliação feita pelo médico na ocasião é de que o atacante não tinha problema crônico na musculatura da perna, sendo sugerido tratamento.

O Milan, entretanto, optou por não seguir a recomendação, adotando critério próprio para a recuperação física de Pato. O fato causou atrito entre o empresário do atleta, Gilmar Veloz, e a direção do clube italiano.

Fonte: UOL