Médico orienta Gomes a não assistir ao jogo

Médico orienta Gomes a não assistir ao jogo

Técnico teve um princípio de AVC durante o fim de semana

Ainda internado em função de uma alteração vascular cerebral, o técnico Ricardo Gomes deve receber alta até quinta-feira. Além de ficar afastado dos trabalhos, o treinador também não poderá assistir em casa ao jogo do São Paulo contra o Once Caldas, pela Copa Libertadores.

"Se eu pudesse dar um conselho a ele, diria para tomar um relaxante e dormir na hora do jogo", afirmou o médico do clube, José Sanchez. A ordem é para o técnico ficar em casa por um período entre duas e quatro semanas, evitando até aparecer no CT da Barra Funda em dias de treinos, deixando as decisões para o auxiliar Milton Cruz, que assumiu o cargo interinamente.

"É um tempo de total afastamento. Até acho quase impossível que isso aconteça, mas precisamos pelo menos tirá-lo do clube, para ficar em casa", afirmou Sanchez.

No hospital, Ricardo Gomes já vem recebendo o apoio dos amigos. Como ficou por um tempo com o treinador no hospital, Milton Cruz repassou o telefonema de várias pessoas.

"Ele é uma pessoa querida, e os outros ligavam em meu celular para falar com ele. Telefonaram Kaká, padre Marcelo, Paulo Autuori... Mas ele está bem, andando e falando com todo mundo. Passei para os jogadores que ele está bem e quero ver se conseguimos a vitória para dedicar a ele", disse o auxiliar.

O capitão Rogério Ceni também fez uma visita ao treinador no hospital, assim como outros integrantes da comissão técnica.

Fonte: Terra