Meia Felipe Melo se defende da fama de ser violento

Felipe Melo afirma que sofre provocoções dentro de campo

O volante Felipe Melo, da Juventus, aderiu à campanha do Flamengo "Rubro-negro para sempre" e adquiriu dez tijolinhos personalizados. O jogador, revelado pelo clube da Gávea, recebeu um exemplar em sua casa, em Turim. Após a entrega, o meio-campista fez questão de demonstrar seu amor pelo clube rubro-negro.

"Uma vez Flamengo, sempre Flamengo. Posso jogar em outros clubes e vou defendê-los com a mesma vontade e disposição, mas a maioria dos jogadores prefere não dizer o time de coração e eu, diferente, não me canso de dizer que sou Flamengo", disse Felipe, vestido com uma das mais de 40 camisas que tem do rubro-negro.

O jogador, que ainda vive sob a estigma de ter sido expulso nas quartas de final da Copa do Mundo, contra a Holanda, comentou sobre as provocações que recebe em campo, e disse que às vezes não consegue se segurar.



"Foi um deslize, confesso. Desde o que aconteceu na Copa, sofro provocações o tempo todo dentro de campo. Ouço de tudo, de comentários racistas até ofensas à minha família. Caí na provocação, mas agora não dou mais ouvidos", contou Felipe, comentando que se considera em boa fase.

"Independente da expulsão, continuo com um número de cartões bem abaixo da média para um volante no futebol italiano e a sequência de boas atuações também continua", concluiu Melo.

Fonte: Terra, www.terra.com.br