Mesmo com a vitória, Neymar reclama de violência do Aurich

Mesmo com a vitória, Neymar reclama de violência do Aurich

O camisa 11 disse que foi para os vestiário sentindo muitas dores por causa das faltas que recebeu na partida.

Após a vitória do Santos diante do Juan Aurich por 2 a 0 nesta quinta-feira, no Pacaembu, em jogo válido pela 4ª rodada do grupo 1 da Copa Libertadores da América, o atacante Neymar deixou o campo reclamando da violência dos defensores do Juan Aurich.

O camisa 11 disse que foi para os vestiário sentindo muitas dores por causa das faltas que recebeu na partida. O atacante fez questão de dizer que estaria no hospital caso não soubesse se esquivar das entradas fortes do adversário.

?É uma equipe que bate muito e só se defende. Hoje saio pior do que ontem (quando torceu o tornozelo no treino da última quarta-feira). Se eu não tivesse pulado umas cinco vezes, certamente estaria no hospital?, disse Neymar.

O atacante correu o risco de não jogar contra os peruanos, após escorregar no treino da última quarta-feira e sentir fortes dores no tornozelo esquerdo. Neymar deixou o campo amparado pelos médicos, mas a lesão não foi grave, e o jogador foi escalado por Muricy.

Fonte: UOL