Mesmo com goleada, Joel Santana evita euforia no time

Mesmo com goleada, Joel Santana evita euforia no time

Técnico se prende aos gols sofridos na vitória sobre o Resende para lembrar importância de corrigir erros

Os gols sofridos, e a maneira como eles aconteceram, foram a única ressalva de Joel Santana à atuação do Botafogo na vitória por 5 a 2 sobre o Resende, neste domingo, pela última rodada da Taça Guanabara (assista os principais lances da partida no vídeo ao lado). Mas até mesmo diante de um aspecto negativo, o treinador procurou tirar uma lição positiva. Segundo ele, os problemas detectados na última partida servirão como estímulo para evolução na sequência da temporada.

- Foi importante para sabermos que não está tudo bom. É fundamental cobrar, pois sempre falta alguma coisa. E a busca por corrigir os erros é determinante para um time de porte e que busca conquistas, como é o caso do Botafogo - destacou.

Joel Santana lamentou a falta de atenção do Avlinegro nos dois gols do Resende, que aconteceram respectivamente aos 24 segundos do primeiro tempo e aos 47 minutos da etapa final. No entanto, o treinador acredita que os erros serão corrigidos com o passar dos dias.

- O time relaxou depois que conseguiu o resultado e quis fazer mais do que precisava. No fim, fui obrigado a reclamar, porque não aguento levar gol. Se vencer por 80 a 0 está bom. Aquele lance no final pode transmitir a sensação de um time inseguro. Isso é questão de conversa. Dez dias é pouco para os jogadores entendem o que eu gosto. É preciso jogar sério até o fim - explicou.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com