Mesmo com volta de Luis Fabiano, Ceni será o cobrador de pênaltis

Atacante desperdiçou cobranças contra Atlético-GO e Flamengo, e Ney vai apostar no goleiro, que tem bom aproveitamento nos treinos

Recuperado de um desconforto na coxa esquerda, o atacante Luis Fabiano tem presença confirmada no ataque do São Paulo na partida deste sábado, contra o Sport, na Ilha do Retiro, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. E, com o camisa 9 em campo, surge uma questão que não existiu na partida da última quarta-feira, contra a LDU de Loja, do Equador, pela Copa Sul-Americana: quem será o batedor de pênaltis da equipe?

A polêmica surgiu porque Luis Fabiano não foi eficiente em suas duas últimas batidas: acertou o travessão contra o Atlético-GO, na 31ª rodada, e errou novamente no jogo seguinte, contra o Flamengo, quando bateu no canto esquerdo e viu Felipe fazer a defesa.

Ney Franco decidiu que o cobrador será o capitão:

- Isso está definido. A partir de agora, bate o Rogério Ceni. Isso permanecerá até o momento em que necessitarmos de uma mudança. Espero que isso não aconteça, mas se ele tiver o mesmo azar que o Luis teve, vamos rever o assunto. A partir de agora, em todos os jogos os meus jogadores saberão quem será o batedor principal e quem será a segunda opção - afirmou o treinador.

O comandante são-paulino garantiu ter total confiança em Luis Fabiano, mas optou pela mudança pelo desempenho dos atletas nos treinamentos.

- Após o erro do Luis, você precisa começar a interpretar os números e a observar o rendimento nos treinamentos. Por isso que fizemos a mudança - explicou.

Ney Franco também garantiu que os treinos de pênaltis, como o que aconteceu na última terça-feira, no CT da Barra Funda, serão mais frequentes. Isso porque o time seguiu adiante na Copa Sul-Americana e, em caso de igualdade nos jogos de mata-mata, o classificado será conhecido nos tiros livres.

- A classificação na Copa Sul-Americana nos obriga a treinar pênaltis. E é isso que vamos fazer - concluiu Ney.

Fonte: GloboEsporte