Messi faz dois, Barça goleia o Milan e avança às quartas de final na Liga dos Campeões

Messi faz dois, Barça goleia o Milan e avança às quartas de final na Liga dos Campeões

O triunfo desta terça, mais que classificar o Barça, ainda ameniza as semanas turbulentas vividas recentemente

A crise que rondava o Barcelona se dissipou do Camp Nou nesta terça-feira, com a classificação do time azul-grená para as quartas de final da Liga dos Campeões da Europa. Com atuação de gala do argentino Lionel Messi, os espanhóis reverteram a derrota por 2 a 0 na ida, na Itália, bateram o Milan por 4 a 0 e seguiram adiante no torneio continental.

O triunfo desta terça, mais que classificar o Barça, ainda ameniza as semanas turbulentas vividas recentemente. Além da derrota no San Siro, a equipe azul-grená havia sofrido duas derrotas consecutivas para o arquirrival Real Madrid (uma no Campeonato Espanhol e outra pela Copa do Rei, causando a eliminação no torneio eliminatório) e visto a ruptura das organizadas com o presidente Sandro Rosell

A árdua missão de superar o Milan por três gols de diferença ficou menos pesada logo aos 5min, quando Messi tabelou com Busquets na meia-lua e, na entrada da área, fez 1 a 0 com um chute colocado, no ângulo. Embalado, o clube catalão continuou pressionado em busca do segundo gol, mas quase colocou tudo a perder ao permitir um contragolpe ao Milan aos 38min: Mascherano falhou, Niang disparou sozinho e, cara a cara com Valdés, chutou no pé da trave.

O erro rubro-negro não foi perdoado por Messi, que no minuto seguinte recebeu passe de Iniesta, gingou para cima da marcação e bateu de canhota, rasteiro, para o fundo da rede de Abbiati. Em apenas um tempo, o Barcelona já tinha amenizado os efeitos da derrota na partida de ida e ganhado moral para o segundo tempo.

O gol que encaminhou a classificação do Barcelona aos 10min: Xavi tocou para David Villa, e o camisa 7 bateu com estilo, com a chapa do pé esquerdo, deslocando Abbiati e deixando o placar em 3 a 0, jogando a pressão para o Milan.

A desvantagem fez a equipe italiana partir para o ataque - especialmente depois da entrada do atacante brasileiro Robinho na vaga do volante Ambrosini. Contando com a insegurança da zaga catalã, o Milan conseguiu exercer pressão sobre um recuado Barcelona e causar seguidos sustos ao goleiro Victor Valdés, mas não anotou o gol que lhe renderia a classificação no Camp Nou.

Pior: em um contragolpe fulminante nos acréscimos, o chileno Alexis Sánchez disparou pela esquerda e puxou a marcação antes de abrir na esquerda para o lateral Jordi Alba, que recebeu livre, invadiu a área e tocou na saída de Abbiati para consolidar a goleada no Camp Nou.

O próximo adversário do Barcelona será conhecido na sexta-feira, data na qual está agendado o emparelhamento da fase seguinte. Antes, nesta quarta, dois confrontos definirão as últimas equipes quadrifinalistas da Liga dos Campeões: Bayern de Munique x Arsenal e Málaga x Porto.

Fonte: Terra