Michael: ‘Fiquei aliviado com a vitória’

Michael: ‘Fiquei aliviado com a vitória’

Apoiador pede desculpas ao grupo por ter sido expulso aos 36 do primeiro tempo contra o Corinthians

A expulsão aos 36 minutos do primeiro tempo contra o Corinthians, na última quarta-feira, no Maracanã, quase deixou Michael em apuros. Se não fosse a superação dos companheiros, que mesmo com um homem a menos conseguiram vencer por 1 a 0, o apoiador seria crucificado pelos erros cometidos no primeiro duelo pelas oitavas de final da Libertadores.

Michael reconheceu que prejudicou o time e pediu desculpas ao grupo, ainda no vestiário do estádio. Com a vitória, ele foi para a casa sem um enorme peso das costas. Mas para o apoiador, o árbitro paraguaio Carlos Amarilla foi rigoroso.

- O grupo me conhece bem e sabe que jamais faria algo para prejudicar o time. No lance do meu primeiro cartão amarelo eu mal encostei no Jucilei. Não acho nem que foi falta, muito menos que merecia a advertência. No segundo lance, eu me excedi na vontade de desarmar o adversário. Estava seguro de que roubaria a bola para puxar um contra-ataque. Mas o jogador se colocou na frente e acabei o acertando e sendo excluído da partida. Fiquei aliviado com a vitória do Flamengo ? afirmou Michael, que apesar de suspenso para o jogo da próxima quarta-feira, no Pacaembu, não quer abandonar o grupo.

- Não posso me abater. A torcida pode continuar confiando em mim, assim como vinha acontecendo nesses últimos jogos em que fui titular do time e tive um bom desempenho. Já me coloco à disposição da comissão técnica e do grupo para acompanhá-los a São Paulo ? afirmou o apoiador.

Rogério Lourenço ainda não definiu quem será o substituto de Michael contra o Corinthians. As principais opções são Petkovic e Vinícius Pacheco. Mas para o setor ele ainda conta com Fierro e Ramon, que foi inscrito na Libertadores ao lado de Rômulo e Denis Marques.

Fonte: Globo Esporte