F1: Michael Schumacher pede desculpas a Rubinho

F1: Michael Schumacher pede desculpas a Rubinho

Após a corrida, Barrichello disse que ficou assustado com a trajetória adotada por Schumacher

O alemão Michael Schumacher admitiu nesta segunda-feira que errou na manobra para tentar evitar a ultrapassagem de Rubens Barrichello no GP da Hungria, realizado no domingo, e pediu desculpas ao ex-companheiro de Ferrari.

Após a corrida, Barrichello disse que ficou assustado com a trajetória adotada por Schumacher para defender a posição ao afirmar que quase foi jogado contra o muro.

Mesmo assim, o brasileiro da Williams conseguiu passar o rival e chegar em décimo lugar da corrida em Hungaroring, somando um ponto.

"Quis dificultar ao máximo que ele me passasse. Deixei claro para ele que não queria que me passasse, mas... eu não queria colocá-lo em perigo com a minha manobra. Se ele acha isso, então eu peço desculpas, pois não era a minha intenção", disse Schumacher, em seu site oficial.

Por causa da manobra perigosa, o piloto da Mercedes-Benz foi punido com a perda de dez posições no grid de largada da próxima etapa, em Spa-Francorchamps, na Bélgica, no dia 29.

"Ontem, logo após a corrida, eu ainda estava com o calor da situação, mas depois que assisti novamente o incidente com o Rubens, eu preciso dizer que os comissários foram corretos na decisão: a manobra contra ele foi muito dura", completou o heptacampeão mundial.

Fonte: Terra, www.terra.com.br