Michael Schumacher tem primeira reação após redução de sedativos

Michael Schumacher tem primeira reação após redução de sedativos

O piloto sofreu um grave acidente de esqui em dezembro de 2013 e está internado desde então no hospital de Grenoble

O alemão Michael Schumacher está respondendo positivamente ao processo de retirada do coma, segundo o jornal francês L"Equipe. De acordo com a publicação, citada pelo inglês The Telegraph, o heptacampeão, após receber uma quantidade menor de sedativos, passou por vários testes neurológicos e piscou os olhos.

O piloto sofreu um grave acidente de esqui em dezembro de 2013 e está internado desde então no hospital de Grenoble, na França. A notícia sobre o processo de retirada do coma foi publicada pelo L"Equipe na quarta-feira; a assessoria do piloto chegou a desmentir o jornal, mas acabaria confirmando a informação no dia seguinte.

Agora, o jornal francês deu mais detalhes sobre o procedimento da equipe médica: "Depois de reduzir gradualmente a sedação do paciente, a equipe médica fez vários testes neurológicos, desde segunda-feira. Durante esse primeiro estágio, o paciente piscou", publicou o diário.

O L"Equipe entrevistou o neurologista Jean-Luc Truelle, que afirmou que os médicos dão instruções simples, como "abra os olhos", "feche os olhos" e "aperte sua mão", para estabelecer uma comunicação com o paciente. Por esse motivo, o jornal apontou a reação de Schumacher como "a melhor notícia" de sua recuperação desde o acidente.

O acidente de Schumacher aconteceu no dia 29 de dezembro do ano passado, quando ele esquiava nos Alpes franceses. O ex-piloto sofreu uma queda e bateu com a cabeça em uma rocha, causando diversas lesões. Internado em estado grave, o alemão passou por duas cirurgias na cabeça para remoção de hematomas e redução da pressão no crânio, e família e médicos divulgaram poucas informações sobre seu quadro de saúde.

Fonte: UOL