Mike Tyson diz que mentia sobre estar sóbrio e que está morrendo

Mike Tyson diz que mentia sobre estar sóbrio e que está morrendo

Após a sua estreia como promotor de lutas de boxe, o ex-lutador Mike Tyson disse estar à beira da morte.

Após a sua estreia como promotor de lutas de boxe, o ex-lutador Mike Tyson disse estar à beira da morte. Em entrevista coletiva após o duelo entre o dominicano Argenis Méndez e o canadense Arash Usmanee na última sexta-feira, admitiu que sofre de alcoolismo e que mentia ao dizer publicamente que estava sóbrio e livre das drogas.

Tyson disse que quer mudar sua mentalidade e atitudes, pois elas querem matá-lo e pediu o perdão dos fãs e espectadores. Por medo de morrer, o ex-lutador disse que nunca mais irá usar drogas.

"Eu sou um cara mau. Fiz muitas coisas ruins e eu quero ser perdoado. Pelo meu perdão, e espero que me perdoem, eu quero mudar a minha vida. Quero viver uma vida diferente agora. Quero me manter sóbrio, eu não quero morrer. Estou à beira da morte, porque sou alcoólatra", desabafou.

Com a fala pausada e um pouco hesitante, Tyson admitiu que estava mentindo a todos quando dizia que tinha largado as drogas, mas que está orgulhoso de si mesmo por querer mudar de vida, o que, segundo o lutador, ele não sente com frequência.

O norte-americano ainda disse que estava errado quando disse que não queria mais lutar e que isso mexeu com sua mente. Tyson pediu desculpas pelas mentiras e se mostrou surpreso ao perceber que não bebe ou usa drogas há seis dias.

"Eu não bebo ou uso drogas há seis dias e, para mim, isso é um milagre. Tenho mentido para todos dizendo que estava sóbrio, porque eu não estou. Mas eu nunca mais vou usar (drogas) de novo", concluiu, levantando aplausos dos jornalistas e de todos que acompanhavam a coletiva.

Fonte: UOL