Milan desiste de liberar Robinho para o Santos e frustra Muricy

Milan desiste de liberar Robinho para o Santos e frustra Muricy

“Chegou perto, perto mesmo" disse o técnico do Peixe

O técnico Muricy Ramalho confirmou que o Santos ficou perto de repatriar o atacante Robinho, mas o Milan-ITA desistiu de negociar o jogador com os dirigentes santistas. O treinador acredita que o clube italiano mudou de ideia após as transferências de Ibrahimovic e Thiago Silva para o Paris Saint-Germain.

?Chegou perto, perto mesmo, mas acho que a venda dos dois jogadores do Milan complicou um pouco. Se eles tivessem permanecido lá teria facilitado um pouco. Chegou perto, não ficou longe, não, o esforço foi grande?, afirmou Muricy.

O Santos apostava no interesse dos italianos em contratar o goleiro Rafael para facilitar o retorno do ídolo santista. O clube italiano está disposto a desembolsar 7 milhões de euros (cerca de R$ 17 milhões) para contratar o goleiro da seleção brasileira olímpica.

O treinador lamentou o fato da informação sobre Robinho ter vazado no clube, no entanto, elogiou a dedicação da diretoria santista nas negociações com o Milan.

?Aqui no Santos vazam coisas, mas desta vez trabalharam de forma bem discreta. Agora sabemos que não vai acontecer, chegou bem perto mesmo. Existe possibilidade de chegar, existe. O Robinho se chegou em um limite grande, um esforço lá em cima, é que realmente o Milan no final não quis fazer o negócio mesmo, ia ficar sem outro grande jogador?, disse Muricy.

Nesta semana, o UOL informou que a diretoria santista optou por reuniões secretas para evitar que informações vazem na mídia e desperte a concorrência dos rivais. Dirigentes e comissão técnica acreditam que detalhes sobre negociações por reforços são revelados à imprensa por um funcionário do clube ligado ao presidente Luís Álvaro de Oliveira Ribeiro e, por isso, realizam investigações internas para descobrir o informante.

Fonte: UOL