Milan emperra Barcelona, vence  e abre boa vantagem na Liga

Milan emperra Barcelona, vence e abre boa vantagem na Liga

Nesta quarta, o Milan teve atuação impecável em sua defesa, dando pouquíssimos espaços para o Barcelona trabalhar

Uma das partidas mais esperadas das oitavas de final da Liga dos Campeões terminou com vitória do time da casa. Nesta quarta-feira, no San Siro, o Milan segurou o forte Barcelona na sua aplicada marcação e venceu por 2 a 0, com gols marcados por Kevin-Prince Boateng e Sulley Muntari. Com o resultado, a equipe milanesa pode até perder por um gol de diferença na Espanha que conseguirá a classificação às quartas.A partida de volta ocorre no dia 12 de março, no Camp Nou.

Nesta quarta, o Milan teve atuação impecável em sua defesa, dando pouquíssimos espaços para o Barcelona trabalhar. O astro Lionel Messi pouco produziu e viu sua equipe ser vazada no segundo tempo. Os gols da dupla ganesa foram marcados por meio de oportunismo do time italiano.

O Milan teve dois desfalques relevantes para a partida: Robinho está lesionado, enquanto Mario Balotelli não pode jogar a Liga dos Campeões por já ter atuado no torneio com o Manchester City. Desta forma, Stephan El Shaarawy e Gianpaolo Pazzini formaram o ataque com a chegada rara de -Boateng.

O primeiro tempo viu um jogo bastante truncado e estratégico. Decidido a tentar resolver o jogo em um contra-ataque, o Milan se postou na defesa e trancou a troca de passes do Barcelona. Mesmo assim, a equipe catalã não mudou de estratégia, e virou refém da marcação italiana. O time catalão teve na etapa inicial 67% da posse de bola, segundo a Uefa, mas com somente duas finalizações.

Veio o segundo tempo, e o Milan precisou de 11 minutos para abrir o placar. Montolivo cobrou falta fora da área e a bola explodiu em Zapata. Enquanto os jogadores do Barcelona pediram que fosse marcada a mão do zagueiro colombiano, Boateng tomou a sobra e bateu forte, vencendo Valdés.

Além da vantagem, a etapa complementar viu um jogo diferente, em que os dois times faziam um jogo mais equilibrado, mas não menos truncado. O Barcelona seguia incapaz de superar a firme marcação milanesa e pouco chutava a gol. A punição por esta postura veio aos 36min.

Em contra-ataque, Niang tocou para El Shaarawy que, dentro da área, deu passe por cobertura para Muntari. O ganês viu Valdés correr em sua direção e finalizou de primeira para ampliar no marcador. O Barcelona seguiu atacando nos minutos finais, tentando minimizar o prejuízo, mas não conseguiu passar pela defesa do Milan.

Fonte: Terra