Ministra do STJ concede liminar que veta greve da Polícia Federal durante a Copa do Mundo 2014

Ministra do STJ concede liminar que veta greve da Polícia Federal durante a Copa do Mundo 2014

A ministra determinou ainda multa de R$ 200 mil por dia em caso de descumprimento da determinação

A ministra Assusete Magalhães, do Superior Tribunal de Justiça, concedeu liminar (decisão provisória) que veta paralisações da Polícia Federal durante a Copa do Mundo. A decisão foi tomada após pedido da Advocacia-Geral da União, que argumentou que paralisação de servidores da PF prejudicaria turistas, torcedores e a realização do torneio.

A ministra determinou ainda multa de R$ 200 mil por dia em caso de descumprimento da determinação. Sindicatos que representam a categoria ainda podem entrar com recurso.

Servidores da Polícia Federal têm realizado paralisações nas últimas semanas. A categoria tem uma série de reivindicações, entre as quais estão melhores condições de trabalho, reajuste salarial e contratações de mais profissionais.

Nesta terça (13) e quarta-feira (14) quem faz paralisação são servidores do Itamaraty em consulados e embaixadas do Brasil em 17 cidades do mundo. Eles reivindicam reajuste salarial e normas para regulamentar uma política salarial.

Também no caso dos servidores do Itamaraty, a proximidade da Copa intensifica os efeitos da paralisação. Segundo nota da associação que representa a categoria, ?ficará sensivelmente prejudicado o processamento de pedidos de visto, especialmente para os estrangeiros que pretendem vir ao Brasil para prestigiar a Copa do Mundo?.

Fonte: G1