Morte de medalhista olímpico italiano choca brasileiros que atuaram no país

Morte de medalhista olímpico italiano choca brasileiros que atuaram no país

Dante, Giba, Bruninho, Vissotto, Serginho e Nalbert ficam chocados com notícia

Há poucos meses, Vigor Bovolenta escreveu uma carta agradecendo aos companheiros que fizeram parte de sua carreira. Estava trocando a série A1 do vôlei italiano pela B2 para poder ficar mais perto da mulher e dos quatro filhos. No sábado, antes de cair inconsciente na quadra durante uma partida, disse que a cabeça estava girando e pediu por ajuda. Ela chegou, mas o vice-campeão olímpico em Atlanta-96 não resistiu apesar de todo o esforço da equipe médica para reanimá-lo. A notícia da morte do jogador de 37 anos, em Macerata, chocou não só italianos, mas também brasileiros que puderam jogar contra e ao lado dele.

Dante, que horas antes tinha comemorado a classificação do Rio de Janeiro para as semifinais da Superliga, deixou a alegria de lado depois de tomar conhecimento da perda do amigo. ?Estou sem chão. Dia de alegria e tristeza, morreu um grande amigo do vôlei. Joguei 2 anos com ele em Modena. Luto no vôlei?, escreveu no Twitter.

Nalbert, que também atuou por vários anos na Itália, disse estar chocado e sem conseguir acreditar no que tinha acontecido. "Chocado com a morte de Vigor Bovolenta, ex-seleção. Jogador de italiano! Grande jogador e pessoa grande, queridíssimo por todos!"

Giba também se assustou com a notícia, assim como Leandro Vissotto. Os dois pediam que Deus conforte a família. "Você entra em campo para fazer seu trabalho, o que gosta, e não volta para casa! Que triste notícia! Deus te receba Bovolenta", lamentava Vissotto. O levantador da seleção e do Florianópolis, Bruninho, também deixou uma mensagem dizendo que estava de luto pela morte do grande campeão.

O líbero Serginho também usou as redes sociais para deixar um texto emocionado. "Cheguei na Itália em 2004, lá fiquei por 4 anos. Conheci uma pessoa pelo qual carregarei essa amizade por toda minha vida! Vigor Bovolenta!!! Simplesmente Bovo! Foi uma das pessoas que me ajudaram em tudo lá! Bovo era brincalhão, guerreiro, amigo e mais que isso, era mio fratello! Bovo, deixo aqui um beijo nel tuo Cuore! E o porquê nosso Deus te levou tão cedo ao céu só Ele sabe! Vai em paz meu amigo! Levarei nossa amizade até um dia que nos encontrarmos no céu! Do seu fratello braziliano... Sergio".

Neste domingo, por determinação da Federação Italiana de Vôlei, antes de todas as partidas será respeitado um minuto de silêncio. Na segunda-feira, será realizada uma autópsia para para identificar a causa da morte.

Fonte: Globo Esporte