Motivados, Bahia e São Paulo estreiam na Copa Sul-Americana

Tricolor baiano entra na Copa Sul-Americana com pretensões modestas.

O estádio de Pituaçu tem capacidade para 32 mil torcedores. E certamente deverá faltar espaço na noite desta quarta-feira, quando Bahia e São Paulo se enfrentarão pela Copa Sul-Americana. Atrativos não faltam dos dois lados. O Tricolor baiano, que começa a ganhar identidade após a chegada do técnico Caio Júnior, volta a disputar um torneio internacional após 23 anos. A vitória sobre o Palmeiras e o empate diante do Corinthians, nos dois últimos jogos do Brasileirão, animaram o torcedor, que começa a enxergar um futuro melhor.


Motivados, Bahia e São Paulo estreiam na Copa Sul-Americana

Já a equipe paulista ganhou nova vida na temporada com o retorno do goleiro e capitão Rogério Ceni, que ficou parado por seis meses após uma lesão no ombro direito. Além da presença do camisa 1, o torcedor são-paulino terá a chance de ver Luis Fabiano em ação. Apesar das críticas recentes, o atacante vive grande momento na temporada, com 20 gols marcados em 25 jogos.

Pressionado pelas conquistas de Corinthians (Libertadores) e Palmeiras (Copa do Brasil) em 2012, o time de Ney Franco estreia no torneio continental com dois objetivos bem definidos: quebrar um jejum de títulos - desde 2008 o Tricolor paulista não vence um campeonato - e ainda garantir uma vaga na Taça Libertadores da América de 2013.

Fonte: GloboEsporte