Multado e sem renovar com Tricolor, Ricky toma bronca

Multado e sem renovar com Tricolor, Ricky toma bronca

Carpegiani ficou muito irritado com o cartão vermelho que o meio-campista recebeu no último final de semana

A expulsão na partida contra o Fluminense, a terceira no Campeonato Brasileiro e a quarta na temporada 2010, selou o destino de Richarlyson no São Paulo. Com contrato até 31 de dezembro, o jogador foi multado em 20% do seu salário e dificilmente terá o seu contrato renovado para a próxima temporada.

Carpegiani ficou muito irritado com o cartão vermelho que o meio-campista recebeu no último final de semana. E anunciou na coletiva desta terça-feira que o destino do atleta será anunciado após o término do Campeonato Brasileiro.

- O jogador precisa ter autocontrole. O que ele falou mereceu a expulsão. Vamos discutir essa questão internamente e depois vocês saberão a decisão. A sua expulsão prejudicou demais a equipe. Quando perdemos o Xandão, coloquei o Renato Silva e coloquei a equipe no esquema com três zagueiros. Dessa maneira, teríamos como equilibrar o jogo contra o Fluminense. Em determinado lance, quando eu olhei para o gramado, ele estava saindo expulso. Isso descaracterizou o time, que ficou aberto e poderia até ter tomado mais gols ? lamentou.

O treinador conversou com o jogador nesta terça-feira e fez um alerta.

- Independente se vai continuar ou não, já disse que ele deve ter cuidado com a sua careira. O Richarlyson é um jogador muito marcado pela arbitragem. Os árbitros conversam, o mesmo ocorre nos tribunais. É ruim para um profissional ser assim ? ressaltou.

O julgamento de Richarlyson ainda não foi marcado pelo STJD, mas tudo leva a crer que isso acontecerá na semana que antecede o jogo do dia 5 de dezembro, contra o Atlético-MG, no Morumbi. Como dificilmente ele escapará de um gancho, já que será o seu terceiro julgamento, o jogador pode ter feito sua despedida na partida contra o Fluminense, curiosamente o time que deve ser o destino do jogador na próxima temporada. Nas Laranjeiras, ele reencontraria o técnico Muricy Ramalho. Contratado em 2005 junto ao Santo André, o jogador disputou 244 partidas pelo clube, sendo 47 nesse ano.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com