Muricy critica árbitro e ressalta dificuldades em escalar jogadores

Muricy critica árbitro e ressalta dificuldades em escalar jogadores

Muricy critica árbitro e ressalta dificuldades em escalar jogadores

Mesmo depois de ver o Santos derrotar o Cruzeiro neste sábado, por 1 a 0, na Vila Belmiro, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro, o técnico Muricy Ramalho reclamou da arbitragem. O time da Baixada Santista teve dois gols anulados incorretamente no primeiro tempo. Um de Edu Dracena e outro de Borges.

"Não gosto de falar de arbitragem. Mas como nós ganhamos, posso falar. Já é a terceira vez consecutiva que prejudicam a gente. Vão me desculpar, mas o cara foi mal pra caramba. Hoje [ontem] o cara abusou. A gente tem que falar um pouco pra dar esse alerta", disse o treinador.

Contra o Cruzeiro, Muricy não pôde contar com Elano, Ganso, Pará, Arouca, Ibson, Danilo e Adriano. O comandante santista comentou sobre as dificuldades de formar um time por causa de lesões e suspensões.

"O problema nosso é que a gente não está conseguindo repetir um time. Ganhamos a Libertadores porque tínhamos um time, mas hoje está difícil. As contusões e os cartões estão nos atrapalhando muito", disse.

"A gente vai na base do bom posicionamento, da conversa, mas só isso não basta no futebol", concluiu. O treinador reclamou das seguidas viagens feitas pelos jogadores, principalmente os atletas que são convocados para a seleção brasileira.

"O jogador não é máquina. Tem uns da seleção que estão viajando que nem loucos. Os caras não são de ferro". Com a vitória sobre o Cruzeiro, o Santos chegou aos 29 pontos e ocupa, pelo menos até o fim da rodada, a 12ª colocação.

Fonte: Folha Online, www.folha.com.br