Brasileirão: Muricy fala em vergonha e diz que São Paulo mereceu derrota

Muricy Ramalho conquistou três vitórias em seus três primeiros jogos no clube, mas perdeu os últimos três confrontos no Brasileirão.

O técnico Muricy Ramalho teve o discurso mais abalado após a derrota por 3 a 0 para o Santos, na Vila Belmiro, nesta quarta-feira. O treinador afirmou que sente vergonha pelo revés, pediu desculpas pela atuação da equipe e disse que o São Paulo mereceu a derrota pesada.


 Muricy fala em vergonha e diz que São Paulo mereceu derrota

"É difícil entender. A gente faz um jogo no domingo, contra o Grêmio, do jeito que fizemos, jogando bem, e hoje realmente a gente sente até vergonha. A gente tem que pedir desculpas ao torcedor. Sinto a vergonha que passa o torcedor, eu também sinto. A gente não merecia o resultado. Contra um time com dez jogadores não conseguimos criar nada", falou o treinador são-paulino após a derrota, ainda na Vila Belmiro.

Muricy Ramalho conquistou três vitórias em seus três primeiros jogos no clube, mas perdeu os últimos três confrontos no Brasileirão. Agora, o São Paulo voltará à zona de rebaixamento caso o Vasco vença o Internacional em partida que acontecerá nesta quinta-feira, em São Januário. Para Muricy, ainda há tempo para fugir do rebaixamento.

"Tem que continuar procurando sair dessa situação. Está complicadíssima, mas da minha parte vou lutar até o final. A gente não jogou. Isso que preocupa. Tem que refletir bem o que a gnete vai fazer", acrescentou.

Na derrota por 1 a 0 para o Grêmio, no último domingo, Muricy saiu de campo dizendo-se satisfeito com a atuação são-paulina apesar do placar. A equipe finalizou 16 vezes contra apenas seis do adversário e teve mais volume de jogo. Nesta quarta, contra o Santos, o relato do treinador foi completamente diferente.

"Problema não é a zona de rebaixamento. Problema é não jogar. A gente jogar contra dez no segundo tempo e perdeu para eles", falou Muricy. "Hoje não dá. O que o torcedor está sentindo eu também estou. A gente não pode abaixar a cabeça porque ainda tem tempo", completou.

No sábado o São Paulo enfrenta o Vitória, no Morumbi, em partida que marcará o retorno do técnico Ney Franco ao Morumbi. O time precisa vencer para se distanciar da zona de rebaixamento.

Fonte: GloboEsporte