Muricy joga a toalha e acha que Santos não tem mais chance no Brasileirão

Faltam 15 rodadas para o final do Brasileiro.

Após o empate sem gols com o São Paulo, o técnico Muricy Ramalho praticamente jogou a toalha e disse que o Santos já deve se planejar para a próxima temporada. Faltam 15 rodadas para o final do Brasileiro. "Temos esse problema, contusões, desfalques... Do time que jogou a Libertadores, tinha dois ou três [Rafael, Durval, Adriano] contra o São Paulo. Perdemos o time, era coisa prevista, e aí oscila muito. Completo o Santos é um bom time, mas sem todo mundo é desentrosado e vive de esquema. Tem que se preparar para o ano que vem", disse.



Muricy tem tido muitos problemas com desfalques nos últimos jogos. No clássico, ele não pôde contar com 11 jogadores, inclusive suas principais estrelas, Neymar e Arouca (ambos na seleção) e Ganso (machucado).

Assim, o treinador optou por escalar Gérson Magrão como camisa 10 da equipe. Após a partida ele se irritou com uma pergunta sobre o meia e deu uma bronca no jornalista que indagou se Bernardo tinha algum problema físico ou ficara no banco por opção.

"Físico... é... você viu que ele entrou no segundo tempo e está sem condições, mas é isso, eu sou um pouco burro e coloquei o outro no lugar dele. Você que é inteligente, eu sou burro", esbravejou.

O Santos volta a treinar já nesta segunda-feira, às 16h, se prepara para o jogo contra o Flamengo, quarta-feira, na Vila Belmiro.

Fonte: Folha Online, www.folha.com.br