Muricy não vê favorito contra o Corinthians: "É muito parelho"

Por isso, Muricy Ramalho apenas espera um grande clássico envolvendo os dois tradicionais rivais

No Santos, tanto os jogadores quanto a comissão técnica tratam o clássico com o Corinthians, neste domingo, ás 16 horas (horário de Brasília), no Pacaembu, como uma partida fundamental para o destino da equipe no Campeonato Brasileiro. E o técnico do Peixe, Muricy Ramalho, ignorou não só o fato de enfrentar o líder da competição, como também minimizou o bom momento vivido pelos santistas (seis partidas sem perder), descartando um possível favoritismo para qualquer um dos lados.

"Clássico é sempre muito equilibrado, ainda mais nesse caso. Não acho que tem favorito esse jogo, até porque não tem um time muito melhor do que o outro. Não vejo grande superioridade de nenhuma das duas partes. É muito parelho", disse Muricy.

Nem mesmo o fato de o Alvinegro Praiano não derrotar o rival desde 2006 no Pacaembu faz com que o treinador mude de ideia e aponte um favorito para o clássico. "Sobre tabu e outras coisas, eu não posso falar nada porque não participei disso. Além do que, eu não sei quem estava aqui na época e que continua no clube. Tenho que pensar no jogo agora. E, com relação ao Pacaembu, não temos nenhum problema. É um estádio ótimo, com um gramado bom", comentou.

Por isso, Muricy Ramalho apenas espera um grande clássico envolvendo os dois tradicionais rivais do futebol paulista. "Vai ser um grande jogo, com duas equipes que têm apresentado um grande futebol. O Corinthians vem jogando bem há algum tempo, tanto isso é verdade que não é fácil um time se manter tanto tempo como líder. Precisa ter muita qualidade. E nós voltamos a atuar bem como antes. Estamos melhorando e tenho confiança de que iremos fazer uma grande partida no domingo", encerrou.

Fonte: Terra, www.terra.com.br