Muricy pede calma para jogadores da base

Muricy pede calma para jogadores da base

Treinador afirma que alguns atletas devem subir, mas prega cautela na entrada de novas caras no time principal

O entusiasmo palmeirense com os garotos das categorias de base, que foram semifinalistas da Copa São Paulo, foi brecado pelo técnico Muricy Ramalho. Embora admita que alguns atletas devem mudar para o time principal, o treinador deixou claro que os reforços que espera para a equipe na temporada não estão nos times inferiores do alviverde. E pediu calma para lançar as novas crias palestrinas.

- A safra é boa, mas, para lançar, temos de ter cuidado, senão podemos prejudicar e perder o jogador. Tem jogadores que não devem estar lá no ano que vem, pois já estão prontos e podem passar do ponto. Estamos escolhendo, vamos conversar com o técnico (Juninho) porque é importante a opinião dele. Mas vamos trazer o jogador para amadurecê-lo. O caminho do Palmeiras é de revelar jogadores, mas com calma - salientou o treinador alviverde.

No atual elenco, João Arthur, Anselmo e Gualberto foram integrados ao time principal recentemente. Gabriel Silva, que disputou a Copinha, deve voltar ao time principal, do qual já fazia parte desde o fim da temporada passada. Ramos e Gilsinho são outros jogadores que devem ser promovidos.

Independente das promessas da base, Muricy afirma que o Palmeiras precisa se reforçar para o ano, para não sofrer com os percalços que as competições apresentam.

- Palmeiras precisa de um elenco maior, pois saíram muitos jogadores. A diretoria tem o mesmo pensamento que nós. Os números do passado são claros. Perdemos quando não tivemos um zagueiro (Maurício Ramos) e um volante (Pierre) por contusão. A defesa que só tinha 22 gols sofridos passou a tomar mais. Vejo o esforço da diretoria e estamos atrás de gente. Tenho feito coisas que nunca fiz, porque não gosto, que é conversar com jogador e empresário. Mas precisei fazer isso para acelerar as coisas - disse Muricy.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com