Muricy Ramalho abdica de tático antes de final do Paulistão

Neymar ainda abusou das repetições nas cobranças de pênalti

Muricy Ramalho abdicou de trabalho tático na última atividade do Santos antes da final deste domingo diante do Guarani, às 16h (de Brasília), no Estádio do Morumbi. O técnico liberou os jogadores para um leve trabalho em campo reduzido e não deve surpreender com a escalação para a decisão.

Maranhão, que cumpriu suspensão, deve ser o substituto de Adriano, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Com isso, Henrique retornará para o meio.

Neymar ainda abusou das repetições nas cobranças de pênalti, modo como chegou ao 100º gol pelo Santos, diante do São Paulo. O atacante teve alto aproveitamento, convertendo 14 das 15 cobranças. A única foi defendida por Vladimir, terceiro goleiro.

O jogador, no entanto, só participou do treino físico e preteriu o trabalho em campo reduzido. O craque santista marcou dois gols na primeira final, no último domingo. Na temporada, herdou de Borges, hoje reserva, a função de batedor oficial de pênaltis.

O Santos só perde o título em caso de derrota por quatro gols de diferença. Se perder por três, a decisão será nos pênaltis. Para a partida, o provável time será: Rafael; Maranhão, Edu Dracena, Durval e Juan; Henrique, Arouca, Elano e Ganso; Neymar e Alan Kardec.


Muricy Ramalho abdica de tático antes de final do Paulistão

Fonte: Terra