Muricy Ramalho diz que foco do Santos é a Libertadores

Santos e Corinthians se enfrentam na próxima quarta, na Vila Belmiro, no primeiro jogo das semifinais da Libertadores.

Três empates uma derrota. Essa é a campanha do Santos até aqui no Campeonato Brasileiro. Mas isso não preocupa o técnico Muricy Ramalho.

"Existem objetivos a serem conquistados, sabemos que a prioridade é a Libertadores. Ela ficou muito importante de uns anos para cá. Tem hora em que se precisa abrir mão de alguma coisa. No ano passado, deu certo. Estamos fazendo o que é certo", mostrando que o jogo de quarta-feira, contra o Corinthians, pela ida das semifinais do torneio continental é o que interessa neste momento.

"O jogo não foi bom, mas nosso time incomodou. Mesmo com o São Paulo completo, criamos situações para empatar o jogo. Quando colocamos um time modificado em campo, o que se exige é pelo menos que se obedeça ao posicionamento. E eles enfrentaram o São Paulo de igual para igual. Por isso, quando a partida acabou, dei parabéns a eles", enfatizou.

Por fim, o comandante santista falou sobre a possibilidade de ter Paulo Henrique Ganso na quarta. A probabilidade cresceu porque na última sexta Ganso treinou no campo. Só que Muricy revelou que o que vai contar para a escalação, ou não, é opinião do camisa 10.

"A palavra dele é fundamental. A dor no joelho direito a gente percebe que praticamente sumiu, foi uma operação muito simples. No entanto, existe um problema físico, de confiança, então, a última palavra deve ser do próprio Ganso. Não estamos forçando nada", finalizou.

Santos e Corinthians se enfrentam na próxima quarta, na Vila Belmiro, no primeiro jogo das semifinais da Libertadores.

Fonte: Folha