Muricy remonta esquema campeão nacional em 2010

Treinador barra quase todos contratados e arma Flu idêntico ao do Brasileirão



Atual campeão do Brasileiro, o Fluminense ainda não convenceu em 2011. Mesmo com a base vencedora mantida e cinco novos reforços, a equipe não mostrou a mesma competitividade do ano anterior. Ciente disso, o técnico Muricy Ramalho começa a remontar aquele time.

As mudanças começaram no gol. Na partida do último fim de semana, diante do Madureira, Diego Cavalieri, contratação de maior impacto do clube para a temporada e que falhou em alguns jogos, foi barrado e deu vaga a Ricardo Berna, camisa 1 no título nacional.

No meio-campo, Souza, outro reforço para 2011, foi barrado no coletivo de quarta-feira (16) e, ao que tudo indica, dará lugar a Marquinho na semifinal deste sábado (19) diante do Boavista, pela Taça Guanabara. O meia foi titular em boa parte da campanha de 2010.

Com isso, Muricy Ramalho reforça a marcação no setor esquerdo e mexe também na posição de Conca, que passará a atuar com liberdade pelos dois lados, assim como fez no Brasileirão passado e foi eleito o melhor do campeonato.

- É uma questão de jogar mais na marcação, do jeito que eu jogo. Não tem como tirar isso do Souza e do Conca, que são mais ofensivos. Eles perdem muito se forem deslocados para trás. O Muricy optou por mim por termos sofrido muitos gols durante as partidas.

Veja mais sobre o Carioca

Em 20110, o Tricolor sofreu 11 gols em oito partidas, números que impressionam, já que a defesa foi a menos vazada no Nacional 2010, com média inferior a um gol por jogo.

Por enquanto, o volante Edinho, outro contratado a pedido do treinador, continua mantido à frente dos zagueiros. Muricy Ramalho acredita que com a entrada de Marquinho, o jogador acertará o posicionamento, além de passar a ser orientado por toda a defesa campeã no ano passado, liderada por Ricardo Berna.

Dos cinco reforços contratados, em alta mesmo apenas Rafael Moura, justamente o único que chegou sem o status de provável titular. O atacante veio para ser o reserva imediato de Fred, mas, com impressionantes cinco gols em três jogos, barrou Araújo, contratado para formar dupla com o camisa 9, e assumiu a titularidade.

Para este sábado, diante do Boavista, o Fluminense deve ter o seguinte time: Ricardo Berna; Mariano, Gum, Digão e Carlinhos; Edinho, Diguinho, Marquinho e Conca; Rafael Moura e Fred.

Fonte: R7, www.r7.com