Musa do Troféu José Finkel de Natação arranca suspiros na piscina

Defendendo o Fluminense, a nadadora de 21 anos garantiu o ouro nos 200m borboleta

Com 65kg bem distribuídos em 1,83m de altura e um belo par de olhos verdes, a húngara Zsuzsanna Jakabos tem tirado a concentração de muitos marmanjos no Troféu José Finkel de natação, que está sendo realizado esta semana, no Parque Aquático Maria Lenk, no Rio de Janeiro. Pela primeira vez no Brasil, a bela e tímida morena de 21 anos está sendo apontada como a musa da competição. E, além de bonita, é talentosa. Nesta sexta-feira, a nadadora contratada pelo Fluminense conquistou a medalha de ouro na final dos 200m borboleta.

A natação já tem como tradição reunir beldades. Mariana Brochado e Flávia Delaroli, por exemplo, foram consideradas as musas brasileiras das piscinas. No Mundial de Roma, no ano passado, foi a vez do charme e talento da italiana Frederica Pellegrini ganharem destaque. O Troféu José Finkel 2010 também parece já ter eleito sua musa: a húngara Zsuzsanna Jakabos.

- Estão comentando dela não só no Fluminense, como no Flamengo e nos outros clubes. A galera está perguntando sobre ela. Estão até querendo fazer uma junção das equipes. As duas (Zsuzanna e a outra húngara Evelyn Verraszto) estão fazendo sucesso mesmo. Só está faltando um pouco de comunicação. Tem que ser na mímica, na linguagem do amor. Cada um está usando sua tática - brincou o atleta do Fluminense Marco Sapucaia.

Tímida e de poucas palavras, Zsuzsanna ficou sem graça ao saber que estava sendo apontada como a mais bela da competição. A húngara, no entanto, retribiu os elogios ressaltando a beleza do país e da cidade.

- Me fizeram o convite e eu fiquei feliz. Eu adorei o país, achei muito legal. Eu fui à praia e amei ? disse Zsuzsanna, que esteve nas Olimpíadas de Atenas-2004 e Pequim-2008.

Nesta sexta-feira, a húngara subiu ao lugar mais alto do pódio após vencer a final dos 200m borboleta com o tempo de 2m08s85, mesma prova na qual garantiu a prata no Campeonato Europeu deste ano. A medalha de prata ficou com a americana Kimberly Vanderberg, que completou o percurso com 2m09s15. A argentina Georgina Basdach fez 2m11s76 e terminou em terceiro.









Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com