Corinthians conta com ajuda da história para levar título no domingo

Corinthians conta com ajuda da história para levar título no domingo

Desde que o sistema foi adotado na principal competição do país, em 2003, o clube que chegou à última rodada na liderança sagrou-se campeão

Não bastasse a vantagem de dois pontos na classificação, a história do Campeonato Brasileiro nos pontos corridos também está ao lado do Corinthians na luta pelo título nacional. Desde que o sistema foi adotado na principal competição do país, em 2003, o clube que chegou à última rodada na liderança sagrou-se campeão.

Logo no segundo ano neste formato, o Santos não deu chances ao Atlético-PR. O Peixe superou o Furacão por um ponto na penúltima rodada e impediu qualquer reviravolta logo em seguida. No confronto final, o clube paulista fez 2 a 1 nos vascaínos, em São José do Rio Preto-SP, e os paranaenses empataram por 1 a 1 com o Botafogo, em Curitiba.

Na temporada seguinte, ano marcado pelo escândalo da manipulação de resultado, foi a vez do Corinthians levantar a taça na rodada final. O Timão, porém, levou um susto. A equipe foi derrotada por 3 a 2 pelo Goiás, no Serra Dourada, mas contou com a ajuda do Internacional. Ainda com possibilidade de assumir o topo da tabela, Colorado perdeu por 1 a 0 para o Coritiba, no Couto Pereira, e não conseguiu diminuir a vantagem alvinegra de três pontos.

A mesma diferença o São Paulo tinha sobre o Grêmio em 2008. Depois de estar 11 pontos atrás dos gaúchos, o Tricolor paulista arrancou no segundo turno, agarrou a liderança na 33ª rodada e não mais largou. No último jogo, o 1 a 0 sobre o Goiás, em Brasília, foi suficiente para o título. No Olímpico, os gremistas fizeram 2 a 0 no Atlético-MG, mas já era tarde.

O Flamengo também teve de combater a emoção para ser campeão em 2009. O Rubro-Negro tomou o primeiro lugar do São Paulo restando apenas um jogo e abriu dois pontos de vantagem. Com o Maracanã lotado, o time passou sufoco para vencer os reservas do Grêmio por 2 a 1 e voltar a conquistar o Brasileirão depois de 17 anos.

O sofrimento atingiu outro carioca, agora o Fluminense. Apesar de ter chegado ao topo da classificação com três rodadas de antecedência, o Tricolor carioca precisou vencer no último jogo. E não foi fácil fazer 1 a 0 no rebaixado Guarani, no Engenhão, e levar a taça para as Laranjeiras. O Cruzeiro, que tomou o segundo lugar do Corinthians na rodada final, ficou dois pontos abaixo.

Nas outras edições, o Campeonato Brasileiro foi decidido antes do último jogo. Em 2003, o Cruzeiro garantiu o título com duas rodadas de antecipação, em uma campanha praticamente irretocável. O mesmo aconteceu com o São Paulo, em 2006. Um ano depois, o clube do Morumbi ficou com a taça a quatro jogos do fim.

Apenas uma vez nos pontos corridos o campeão brasileiro perdeu no jogo do título. E foi justamente o Corinthians, em 2005 ? 3 a 2 para o Goiás. Em 2006, o São Paulo celebrou a conquista ao empatar por 1 a 1 com o Atlético-PR, no Morumbi. Nas outras vezes, só vitórias de quem levou a taça para casa.

Apesar de ter pela frente o arquirrival Palmeiras, domingo, às 17h, no Pacaembu, o Corinthians conta a seu favor com a tabela. O Timão tem dois pontos a mais que o Vasco e joga por um simples empate para não depender do resultado dos cariocas diante do Flamengo, no mesmo horário, no Engenhão. Em caso de derrota, os paulistas torcem para que os vascaínos não vençam.

- Para mim, passa a régua, fecha a conta e está bom assim como vem acontecendo nos últimos anos - brincou o técnico Tite ao ser informado sobre o desempenho dos líderes do Brasileirão na última rodada do torneio desde 2004.


Na era dos pontos corridos, líder na penúltima rodada sempre levou título

Fonte: GloboEsporte