Na estreia de Seedorf, Milan vence Verona com gol de pênalti de Balotelli

Com o triunfo, os milanistas chegam a duas vitórias seguidas na temporad

Quando Clarence Seedorf, em algumas décadas, recordar os momentos marcantes de toda a carreira no futebol, a tarde deste domingo provavelmente será lembrada. No Giuseppe Meazza, o Milan enfrentou o Verona pela 20ª rodada do Campeonato Italiano, em jogo que marcou a estreia de Seedorf como técnico. Mesmo sem empolgar o torcedor, o time da casa venceu por 1 a 0, com gol de Balotelli, que converteu pênalti nos últimos minutos.

Com o triunfo, os milanistas chegam a duas vitórias seguidas na temporada, feito que não conquistavam desde dezembro. Na 11ª colocação do Nacional com 25 pontos, os comandados de Seedorf estão agora a oito pontos do quinto lugar, último posto que rende vaga nas competições europeias. A quinta posição é ocupada exatamente pelo Verona, que tem 32 pontos.

O Milan terá pouco tempo para comemorar a vitória, já que tem novo compromisso em casa nesta quarta, contra a Udinese, em partida válida pelas quartas de final da Copa da Itália. Já o Verona tem a semana inteira para trabalhar visando o duelo com a Roma, no próximo sábado, pela 21ª rodada do Campeonato Italiano.

O jogo

Balotelli fez o gol em pênalti sofrido por Kaká Foto: AFP Balotelli fez o gol em pênalti sofrido por Kaká Foto: AFP

O Milan criou a primeira oportunidade logo aos dois minutos, quando Robinho recebeu na área e girou, mas chutou fraco no meio do gol. Cinco minutos depois, Emanuelson tabelou pelo lado direito, cruzou e quase surpreendeu o goleiro brasileiro Rafael, que precisou dividir com Balotelli para impedir o gol.

Senhor da partida, o time da casa teve boa oportunidade aos 13min, quando Kaká encontrou Balotelli dentro da área e o italiano levou perigo ao bater colocado, à esquerda do gol. O dono da camisa 45 assustou o Verona novamente aos 19min, quando bateu cruzado de pé direito, mas a bola passou sobre o gol de Rafael.

A esta altura, o Milan era soberano e mal permitia que o adversário passasse da linha do meio-campo, mas o quadro mudou a partir metade do primeiro tempo e o time rossonero passou a ter dificuldades de manter a bola e criar jogadas. Tanto é que o time da casa só voltou a tomar conta do jogo nos minutos finais. Aos 40min, Balotelli levou perigo em cobrança de falta que Rafael rebateu para dentro da área, mas o placar seguiu inalterado até o intervalo.

Nos primeiros minutos, Seedorf promoveu duas alterações no Milan, mas as entradas de Matías Silvestre e Birsa não mudaram o panorama. Apesar de melhor em campo, o time rossonero não conseguia criar boas chances de gol. Assim, quem levou perigo foi o Verona, aos 19min, quando o brasileiro Raphael Martinho invadiu a área e finalizou, mas Abiatti espalmou para escanteio.

Os comandados de Seedorf responderam com uma bola na trave três minutos depois. Após receber de Birsa na entrada da área, Robinho arrematou e só não abriu o placar devido ao desvio de Moras, que fez a bola acertar o poste de Rafael. Na sequência, o camisa 7 rossonero serviu Balotelli, mas o chute do italiano foi defendido pelo goleiro do Verona.

Foi aos 37min do segundo tempo que o torcedor do Milan pode soltar o grito. Após pênalti sofrido por Kaká, Balotelli teve calma para acertar o canto direito e fazer o único gol da partida. Apesar de não comemorar, o marrento atacante dedicou o gol a Seedorf, apontando para o holandês.

Fonte: Terra