Na inversão de valores, defesa da seleção brasileira justifica desempenho do ataque

Na inversão de valores, defesa da seleção brasileira justifica desempenho do ataque

Zagueiros Lúcio e Luisão garantem que não há preocupação com a falta de gols nos treinos

Historicamente criticada, a defesa da seleção brasileira vive uma lua de mel com o torcedor antes da Copa do Mundo de 2010. E, em uma inversão de valores, agora precisa defender o setor ofensivo, sempre tão badalado. Após dois coletivos e um trabalho tático, a rede ainda não balançou na África do Sul. Luis Fabiano, Kaká, Robinho, Elano... ninguém conseguiu marcar, até agora, um gol nos treinos preparatórios.

Os zagueiros Lúcio e Luisão, os dois jogadores escolhidos para a entrevista coletiva deste domingo em Joanesburgo, na África do Sul, escutaram elogios para o setor defensivo e procuraram proteger os companheiros de frente.

- Eles não estão devendo nada. Conseguimos vencer por 3 a 0 o amistoso. Estamos em um momento de preparação. Se há uma hora de errar ela é agora. Mas nenhum setor da nossa equipe não está devendo nada - disse o capitão Lúcio.

Um dos argumentos utilizados foi o alto nível do time reserva da seleção brasileira. Além disso, Luisão, reserva imediato de Lúcio, lembrou que o grupo está junto há muito tempo e os suplentes sabem como os titulares gostam de jogar.

- São só treinamentos. A gente também já conhece os atacantes, as suas características, por treinar sempre. Isso tudo dificulta. Não tem preocupação nenhuma. Quem está na reserva vai sempre procurar dificultar. Por um lado isso é bom porque no jogo eles vão estar acostumados. E a seleção tem feito gols nos jogos. Nós na reserva procuramos dificultar ao máximo para eles. Acho que nos jogos as coisas vão ser mais tranquilas do que nos treinos - disse Luisão, lembrando que na era Dunga a seleção brasileira marcou 113 gols em 54 partidas, média de 2,09 por partida.

Nesta segunda-feira, a seleção brasileira faz o último amistoso preparatório para a Copa do Mundo. A equipe de Dunga enfrenta a Tanzânia às 12h de Brasília (18h pelo horário local), em Dar es Salaam. O amistoso terá transmissão da TV Globo, do SporTV e do Globoesporte.com.

A estreia da seleção na Copa do Mundo está marcada para o dia 15 de junho, contra a Coreia do Norte, no estádio Ellis Park, em Joanesburgo.

Fonte: GloboEsporte