Na mira do Grêmio, Ganso continua querendo ir para o São Paulo

O clube gaúcho deu demonstrações de que está interessado em contratar o camisa 10

Em uma semana termina o prazo para que se decida o futuro do meia Paulo Henrique Ganso. Os clubes que disputam o Campeonato Brasileiro têm até a próxima sexta-feira para inscrever novos jogadores na competição. A novela em que se transformou o destino do jogador ganhou ontem mais um personagem: o Grêmio.



O clube gaúcho deu demonstrações de que está interessado em contratar o camisa 10

e entrou em concorrência com o São Paulo.

Ao contrário do clube do Morumbi, o Grêmio tratou diretamente com o Santos, que prefere ver o jogador longe de um rival do mesmo Estado.

O plano do clube gaúcho é comprar os 45% dos direitos econômicos do jogador que pertencem ao Santos.

Ganso tem contrato com o clube do litoral paulista até fevereiro de 2015 e sua multa rescisória é de R$ 53 milhões --a parte que cabe ao Santos é de R$ 23,8 milhões.

Os demais 55% dos direitos do atleta pertencem ao grupo DIS, que há tempos quer ver o jogador defendendo outra camisa.

Apesar da nova investida do Grêmio, Ganso prefere mesmo acertar com o São Paulo, que já fez duas propostas para contratá-lo.

As ofertas do time do Morumbi foram rejeitadas pelo Santos, por serem de valores inferiores à multa rescisória.

O São Paulo já negociou com o grupo DIS e tem até salários acertados com o atleta. Falta a liberação do Santos.

Ganso, que oficialmente está machucado, não chegou a disputar sete jogos pelo Santos no Brasileiro e ainda pode se transferir.

Fonte: Folha