Na semana da decisão, Adriano alega indisposição e não se reapresenta no Timão

Na semana da decisão, Adriano alega indisposição e não se reapresenta no Timão

O Timão informa que o fisioterapeuta Bruno Mazziotti irá até a casa do Imperador após o trabalho no CT

A semana que antecede a última rodada do Campeonato Brasileiro começou com polêmica no Corinthians. O atacante Adriano não compareceu à reapresentação do elenco do Corinthians, nesta terça-feira, no CT Joaquim Grava. Segundo a assessoria de imprensa do clube, o jogador ligou para a comissão técnica por volta das 8h40 e alegou uma indisposição intestinal para não participar da atividade prevista para o período da manhã.

O Timão informa que o fisioterapeuta Bruno Mazziotti irá até a casa do Imperador após o trabalho no centro de treinamentos para avaliá-lo. A expectativa é de que ele volte aos treinamentos já na quarta-feira. Na entrevista coletiva, o técnico Tite preferiu não entrar em detalhes sobre o assunto.

- Isso já foi relatado a vocês pela direção. Tenho um trabalho muito importante com toda a equipe. Estou aqui focado no trabalho, na preparação do dia a dia - desconversou o comandante.

Como ficou apenas no banco de reservas na vitória por 1 a 0 sobre o Figueirense, domingo, em Florianópolis, Adriano teria de participar de um coletivo com os outros jogadores que não participaram do confronto. Os titulares realizaram um trabalho regenerativo na academia. Apenas Ralf, Paulinho, Leandro Castán e Alessandro foram ao campo para uma leve corrida.

Esta não é a primeira vez que o Imperador não comparece a um treinamento. Em setembro, o jogador foi multado por chegar atrasado a uma reapresentação, ainda no período que não tinha condições de jogo. Ele alegou que seu voo do Rio de Janeiro para São Paulo atrasou. O próprio Imperador já admitiu que deixou de treinar em outras oportunidades, mas que foi autorização pelo Corinthians a não comparecer.

Tite não tem problemas de lesão para escalar a equipe. As baixas são pelo acúmulo de cartões amarelos. Estão fora o volante Ralf e o meia Danilo. As vagas devem ser preenchidas por Moradei e Alex, respectivamente. O Timão ainda pode perder o atacante Emerson, que será julgado na quinta-feira pelo pisão que deu no lateral Daniel, do Avaí, em partida no Pacaembu.

Com dois pontos de vantagem, o Corinthians será campeão se apenas empatar com o arquirrival Palmeiras, domingo, às 17h, no Pacaembu. Se perder, passa a torcer para que o Vasco não derrote o Flamengo, no mesmo horário, no Engenhão.

Fonte: Globo Esporte