Na Vila Belmiro, santistas provocam Wanderley Luxemburgo

Ô Vanderlei, pode esperar. A sua hora vai chegar"

Assim que chegaram a Santos após a conquista do título paulista no Pacaembu, pouco depois das 21h, jogadores e comissão técnica do Peixe foram direto para a Vila Belmiro com a taça do Estadual 2010. No estádio, cerca de 10 mil torcedores, segundo estimativa do clube, aguardavam os campeões. No gramado, foi montado um palco, para a festa de Robinho, Neymar e do goleiro Felipe. Os três puxaram um coro que mostra que o time está confiante para o confronto contra o Atlético-MG, quarta-feira, às 21h50m (horário de Brasília), na Vila Belmiro, pelas quartas de final da Copa do Brasil.

- Ô Vanderlei, pode esperar. A sua hora vai chegar ? berravam os alvinegros.

O recado, claro, é para o técnico do Galo, Vanderlei Luxemburgo, que comandou o Santos no ano passado. Embora o treinador diga que pessoas de fora do clube paulista criaram uma rusga entre ele e os garotos do Peixe que ele não aproveitou em 2009, ficou claro na festa do título do Paulistão que os santistas têm uma rivalidade com o ex-chefe.

O primeiro jogo entre Santos e Atlético-MG, disputado na quarta passada, no Mineirão, foi vencido pelo time mineiro por 3 a 2. Para se classificar, o Peixe precisa ganhar por dois ou mais gols de diferença, 1 a 0 ou 2 a 1. O empate dá a vaga ao Galo, que também pode perder por um gol, desde que marque ao menos três.

Além de provocar o técnico atleticano, os jogadores também cantaram o hino do clube. A comemoração no estádio durou aproximadamente 40 minutos, com Robinho sendo o principal animador dos torcedores presentes. Em seguida, todos seguiram para o CT Rei Pelé, onde tomaram banho. O jantar com os familiares também estava marcado para o CT. Alguns jogadores programaram ir a uma boate em Santos.

Fonte: Globo Esporte