Nadador brasileiro recordista mundial admite que maiô ajudou muito dentro da piscina

Felipe já tinha comprovado a eficiência do Jaked no Maria Lenk.

Não é novidade para ninguém que o novo maiô Jaked vem fazendo sucesso no Troféu Maria Lenk. Mas não há melhor maneira de comprovar a eficiência do modelo espacial do que batendo um recorde mundial. Foi o que fez na sexta-feira o paulista Felipe França, que vestiu a peça e pulou na piscina para cravar a marca histórica nos 50m peito: 26s89.

- O maiô ajuda bastante. Na verdade, é mais o menos como os outros, mas acho que esse é o melhor. De qualquer forma, daqui a um ano já vamos ter vários bem mais modernos ? contou o novo recordista mundial.

Antes mesmo das eliminatórias de sexta-feira, Felipe já tinha comprovado a eficiência do Jaked no Maria Lenk.

- Nos 200m, eu consegui baixar meu tempo em quatro segundos, mesmo nadando soltando ? disse Felipe, garantindo que não empregou sua força máxima.

Fonte: GloboEspote, www.globoesporte.com