Náutico conta com "espião" para Série B do Campeonato Brasileiro

Thiago Alves trabalha como "observador" do Timbu e prepara dossiê para o técnico Waldemar Lemos a cada partida

A excelente campanha do Náutico na Série B, na terceira colocação, com 34 pontos, tem um segredo fora das quatro linhas: o "observador" do Timbu, Thiago Alves. Responsável por "espionar" os adversários, ele produz um dossiê a cada rival do time pernambucano, composto por acompanhamento dos jogos dos "inimigos", relatórios, análises e agrupamento de estatísticas.

- Eu vejo em média quatro ou cinco jogos do adversário e faço acompanhamento diário para poder passar todas as informações importantes para o Waldemar (Lemos). Faço um relatório e junto as análises dos últimos jogos. Também entrego as estatísticas da equipe. Separo os números por jogo - disse ao site oficial.

Depois disso, Thiago monta uma apresentação sobre a equipe. O treinador Waldemar Lemos entra em cena e monta a preleção que será feita para os jogadores, geralmente na noite que antecede a partida. Além de todo o material de observação, o "espião" também mantém o restante da comissão técnica informada sobre a equipe adversária. Diariamente, ele monta um clipping (seleção de notícias) sobre o outro time.

- Assim que acaba o jogo do Náutico, eu já começo a preparar o trabalho voltado para a próxima partida. Às vezes, além do material de costume, eu também faço um trabalho voltado para o próprio Náutico, principalmente sobre as atuações individuais dos nossos jogadores.



Thiago Alves já foi auxiliar técnico, pelas categorias de base de Náutico e Sport, até ser promovido ao futebol profissional do Timbu no final de 2010, quando assumiu a função de observar os rivais. Mas ele não esconde a vontade de ser tornar treinador um dia.

- É uma vontade que eu tenho e estou me preparando para isso. A cada dia eu aprendo mais - concluiu.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com