Náutico e Portuguesa não saem do zero no Estádio dos Aflitos

Náutico e Portuguesa não saem do zero no Estádio dos Aflitos

Com o resultado, o time do Canindé fica em 14º, com 39 pontos

A Portuguesa conseguiu, neste domingo, frear o Náutico no Estádio dos Aflitos pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro. O clube rubro-verde viajou até Recife e fez uma boa partida contra o time pernambucano, ficando no empate em 0 a 0 diante de um rival direto contra o rebaixamento e que vinha de quatro vitórias consecutivas atuando dentro de casa.

Com o resultado, o time do Canindé fica em 14º, com 39 pontos. Já o Náutico vai a 41 pontos, em 12º lugar. Na próxima rodada, o Náutico visita o Santos, na quinta, às 22h (de Brasília), enquanto a Portuguesa visita o Figueirense, no sábado, às 18h30.

O duelo nos Aflitos teve um primeiro tempo truncado, com poucas chances para ambos os lados. A primeira boa chegada foi do Náutico, apenas aos 14min, com Kieza que chutou forte para defesa de Dida. A melhor chance da etapa inicial veio com a Portuguesa, aos 24min: Marcelo Cordeiro rolou na grande área para Boquita, que limpou a marcação e viu Rhayner salvar em cima da linha. Na sobra, Cordeiro mandou para fora.

Nos minutos finais, o jogo continuou equilibrado, com poucas chances para os dois lados. Contudo, as chegadas efetivas eram sempre perigosas: aos 41min, Souza bateu cruzado e a bola passou na frente do ataque do Náutico, parando nas mãos de Dida. O empate na primeira etapa foi o mais justo para o primeiro tempo equilibrado.

Na volta do intervalo, o confronto prosseguiu no mesmo ritmo. A primeira oportunidade do segundo tempo veio apenas aos 10min, em cabeceada do Náutico após cobrança de escanteio. O lance animou o time mandante, que cresceu na partida. Em grande chance, a Portuguesa, no entando, quase abriu o placar aos 20min: Moisés aproveitou falha de Alemão, saiu na cara de Felipe, mas chutou à direita do gol.

Com o passar do segundo tempo, o jogo ganhou ânimo e ambas as equipes passaram a ser mais incisivas no ataque. Os dois times aproveitavam as laterais do campo para criar oportunidades de perigo, mas falhavam na finalização. A Portuguesa foi pra cima do Náutico e ainda mandou uma bola na trave com Diego Viana aos 38min.

Ficha técnica

NÁUTICO 0 X 0 PORTUGUESA

NÁUTICO: Felipe, Patric, Jean Rolt, Alemão e João Paulo (Kim); Martinez, Souza e Josa; Araújo (Rogério), Rhayner e Kieza

Treinador: Alexandre Gallo

PORTUGUESA: Dida, Luís Ricardo, Lima, Valdomiro e Marcelo Cordeiro; Léo Silva, Ferdinando (Diego), Boquita e Moisés; Rodriguinho (Diego Viana) e Ananias

Treinador: Geninho

Cartões amarelos

NÁUTICO: Alemão

PORTUGUESA: Léo Silva, Diego Viana e Dida

Árbitro

Elmo Alves Resende Cunha

Local

Estádio dos Aflitos, em Recife (PE)

Fonte: Terra