Nelsinho defende Ferrari e cobra mais trabalho de Massa

Nelsinho defende Ferrari e cobra mais trabalho de Massa

Nelsinho Piquet deu seu apoio à Ferrari na polêmica vitória de Fernando Alonso no GP da Alemanha

Nelsinho Piquet deu seu apoio à Ferrari na polêmica vitória de Fernando Alonso no GP da Alemanha, na qual o espanhol ganhou a primeira posição de Felipe Massa após solicitação da equipe. Em entrevista reproduzida pelo site ESPNF1.com, o ex-piloto da Renault disse acreditar que a escuderia italiana irá favorecer um piloto mais rápido, mesmo que ele venha atrás de seu próprio companheiro.

Segundo Nelsinho, a situação é difícil para Massa, que chegou antes à equipe, mas que tem andado abaixo de Alonso. O filho do tricampeão Nelson Piquet disse acreditar que a Ferrari não irá perder a oportunidade de dar a chance a seu piloto de se aproximar dos líderes da temporada - no momento, o australiano Mark Webber, da Red Bull.

Nelsinho, que se envolveu em caso semelhante ao bater intencionalmente no GP de Cingapura de 2008, ainda aconselha Massa a trabalhar e a superar o ritmo de Alonso se não quiser mais passar pela situação vivida em Hockenheim. De acordo com o brasileiro, se Massa estivesse à frente de Alonso na temporada, seria o espanhol quem teria que ceder seu primeiro lugar.

Outro que defendeu a Ferrari foi seu ex-piloto Gerhard Berger. Em entrevista à revista Auto Motor und Sport, Berger disse que Alonso "é claramente o melhor homem na equipe" e disse que o espanhol "é a única chance de conquistar o Mundial".

Fonte: Terra, www.terra.com.br