Nem Atlético, nem Santos querem bancar Fábio Costa

Nem Atlético, nem Santos querem bancar Fábio Costa

Fora dos planos dos dois times, goleiro aguarda negociações com outros clubes

A situação do goleiro Fábio Costa segue indefinida. O atleta não está nos planos de Atlético-MG e Santos e aguarda negociações com outros clubes para voltar a jogar futebol. O site apurou que o goleiro esperava rescindir o contrato com o clube mineiro na semana passada, mas a diretoria santista vetou a rescisão, já que não pretende contar com Fábio Costa, que está emprestado ao Atlético até o final deste ano e tem vínculo com o Santos até 2013.

?Se ele rescindisse o contrato com o Atlético, ele voltaria para o Santos, e teria o contrato reativado com o Santos. Como o atlético paga uma parte do salário do Fábio Costa, o Santos não aceitou, já que existe um contrato por mais dois anos, e o Santos teria que arcar com o salário dele?, afirmou o empresário do goleiro, Bruno Paiva, ao iG.

Como Fábio Costa não voltará atuar por Atlético-MG e Santos nesta temporada, os representantes do atleta e os dirigentes mineiros procuram um clube que esteja disposto a pagar uma porcentagem do salário do goleiro. Desta forma, não está descartada a possibilidade de uma divisão tripla no ordenado do jogador.

?Depende da proposta que vier, vamos ver como serão as propostas de outros clubes. Estamos aguardando alguma proposta que seja interessante para ele (Fábio Costa) e para o Atlético-MG. Por enquanto existem algumas possibilidades, mas no momento não tem nada acertado?, disse Paiva.

Fábio Costa foi emprestado ao Atlético-MG no meio do ano passado, mas perdeu espaço na equipe com a saída de Vanderlei Luxemburgo e a chegada de Dorival Júnior, que também não fez questão de contar com o goleiro no Santos no primeiro semestre de 2010.

Fonte: IG