Neves é 3º e conquista marca histórica no Paris-Dakar

Neves é 3º e conquista marca histórica no Paris-Dakar

A Volks colocou quatro carros entre os cinco mais rápidos deste segundo dia.

Maurício Neves e Clécio Maestrelli ficaram com a terceira colocação na categoria carros na segunda etapa do Rali Dakar, realizada neste domingo entre Córdoba e La Rioja, na Argentina. Esta é a melhor colocação brasileira na história da prova. O melhor resultado do país era de Klever Kolber, em 2002, com uma 8ª colocação.

Após largar na décima posição, a dupla brasileira da Volkswagen conseguiu liderar a prova em três parciais (quilômetros 50, 90 e 136), mas acabou sendo ultrapassada no final. Neves e Maestrelli assumiram a quinta posição no geral, e estão apenas 12 segundos atrás da dupla quarta colocada.

Após a liderança mudar de mãos por três vezes durante os 219 quilômetros da especial deste domingo, Nasser Al-Attiyah e Timo Gottschalk (Volkswagen) venceram a etapa e assumiram a liderança na classificação geral.

A segunda posição ficou com Guerlain Chicherit e Maria Cristina Thoerner, da BMW, que passou a dupla brasileira no quilômetro 181 e depois perdeu a posição para Nasser.

Al-Attiyah fechou o dia com 4h01min55s, enquanto Chicherit fez o percurso em 4h03min03s. Maurício Neves ficou apenas 53 segundos atrás, e assumiu a quinta colocação na classificação geral da prova. É a primeira vez que Neves e Maestrelli participam do Dakar.

A quarta posição ficou com os favoritos Carlos Sainz e Lucas Cruz, também da Volkswagen, que caíram para a segunda colocação na tabela. A escuderia alemã colocou quatro dos seus cinco carros entre os cinco mais rápidos deste segundo dia.

A classificação geral da categoria carros:

1. Nasser Al-Attiyah/Timo Gottschalk, 6h16min39s

2. Carlos Sainz/Lucas Cruz, 6h17min58s

3. Stéphane Peterhansel/Jean-Paul Cottret, 6h19min09s

4. Mark Miller/Ralph Pitchford, 6h22min07s

5. Maurício Neves/Clécio Maestrelli, 6h22min19s

Fonte: AE/G1