Ney Franco cobra desempenho de Ganso para manter meia como titular

Ney Franco cobra desempenho de Ganso para manter meia como titular

Não à toa, ele já até criticou Wellington, volante que, na opinião dele, está longe de desempenhar o futebol ideal

O técnico Ney Franco não quer saber de regalias a nenhum jogador. Será assim com Paulo Henrique Ganso, que ganhou a chance de ser titular nesta quarta-feira, diante do São Caetano, em jogo atrasado da 2ª rodada do Campeonato Paulista. Em entrevista coletiva na véspera do jogo, o comandante afirmou que o meia só ficará entre os 11 se for bem.

Segundo ele, nenhum atleta jogará com nome em sua equipe. Não à toa, ele já até criticou Wellington, volante que, na opinião dele, está longe de desempenhar o futebol ideal.

?O Ganso, como qualquer outro jogador, vai estar condicionado ao desempenho dentro de campo. É assim que a gente monta a equipe. Esse é um caso específico, assim como teve o caso do Fabrício, já foi do Cañete, daqui a pouco tem o do Wallyson. Agora, quero me apegar ao jogo contra o São Caetano, mas o futebol é dinâmico?, analisou o treinador.

Em entrevista ao site oficial do São Paulo, o camisa 8 aprovou a chance que receberá nesta quarta-feira e disse que está completamente preparado para atender às expectativas depositadas nele. Ele reconhece que a concorrência é grande, mas disse não se intimidar com isso.

?É um momento muito bom. O elenco do São Paulo é muito forte e cada um aqui dentro tem a sua oportunidade. Chegou a minha no próximo jogo e espero aproveitar da melhor maneira possível", disse Ganso.

"É o momento que todo atleta quer, que é jogar. É uma oportunidade muito boa de mostrar a minha vontade aqui no São Paulo, que é atuar e mostrar o que eu sei", completou.

Com dois gols marcados com a camisa do São Paulo, ambos de cabeça, o meia torce para que sua fase de artilheiro continue, mas destaca que o mais importante é estar sempre ajudando seus companheiros.

"Fiz alguns gols de cabeça no Santos, mas é a primeira vez que faço dois seguidos assim. É uma coisa nova para mim. Espero manter essa média e continuar colocando a bola para dentro do gol. Quero sempre ajudar o São Paulo da melhor maneira", finalizou.

Fonte: UOL