Neymar: agente quer acordar ida ao Real Madrid em 2012

O agente de Neymar, Wagner Ribeiro, almoçou na última terça-feira com um dirigente do Real

O Real Madrid tenta fechar o cerco para garantir a contratação de Neymar, mas tem encontrado dificuldade para convencer o jogador a se apresentar na Espanha logo após a Copa América. O astro está determinado a disputar o Mundial Interclubes pelo Santos. Por isso, seu agente, Wagner Ribeiro, já costura um acordo imediato com a equipe merengue, mas para liberação só em 2012. O Peixe, por outro lado, vai tentar segurar Neymar pelo menos até as Olimpíadas de 2012, em Londres. Assim, o craque faria parte das festividades do centenário santista, que será comemorado no dia 14 de abril do ano que vem.



O agente de Neymar, Wagner Ribeiro, almoçou na última terça-feira com um dirigente do Real, em São Paulo, para tratar da negociação. Ribeiro explicou a situação. Falou sobre a posição do garoto, que não quer desperdiçar a chance de ser campeão mundial pelo Peixe. Então, o tema que permeou boa parte do encontro foi a possibilidade de o craque só viajar para a Espanha em 2012, possivelmente na janela de inverno (em janeiro). Se o Real aceitar esperar, existem grandes chances de o negócio sair.

As conversas já duram três meses, e com a abertura da janela de transferências internacionais, no último dia 3, se intensificaram. O clube espanhol já se comprometeu a pagar a multa rescisória do craque, de ? 45 milhões (R$ 100,8 milhões, na cotação desta quarta-feira). No entanto, segundo Ribeiro, a questão salarial ainda não está acertada. Aliás, ele procura não dar muitos detalhes sobre as negociações e nega que já tenha havido acerto com qualquer clube.

- Isso tudo só vai ser resolvido em agosto, perto do fim do período de transferências. O que eu posso garantir é que a prioridade do Neymar é disputar o Mundial Interclubes. Mesmo o Real Madrid ou qualquer outro clube pagando a multa, a decisão é do jogador. Após a Copa América, ele vai se pronunciar sobre o assunto - afirmou o agente.

O Globoesporte.com obteve a informação de que presidente santista, Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro, que está em Paris, em viagem de férias, recebeu a visita de Florentino Pérez, mandatário do Real Madrid, que ainda tenta barganhar o preço. O dirigente se mantém irredutível: Neymar não está à venda. Se o Real quiser contratá-lo, terá de pagar a multa rescisória.

Para tentar fazer frente à oferta merengue, o Peixe já tem costurados acordos com quatro empresas que estão interessadas em usar a imagem do atleta em propagandas. Em troca, garantem ao craque a um salário de nível europeu. Com esses quatro contratos e mais os que já estão em vigor, o craque poderá ganhar cerca de R$ 1 milhão mensais.

O Real Madrid tem pressa para definir a situação de Neymar por causa da concorrência, inclusive do maior rival, o Barcelona. O próprio presidente do Santos já admitiu ter ouvido de cinco clubes o interesse em bancar a multa rescisória de Neymar - Real, Barça, Chelsea, Manchester City e Anzhi, da Rússia.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com