Neymar cita final como "Fusca caro" e diz: vamos para o pau

O atacante respondeu a cobrança dos torcedores e compara a vaga na decisão a um "Fusca caro"

Neymar afirmou que o Santos terá postura diferente para a decisiva semifinal contra o Corinthians, nesta quarta-feira, às 21h50 (de Brasília), no Estádio do Pacaembu. O atacante respondeu a cobrança dos torcedores e compara a vaga na decisão a um "Fusca caro". Ele disse que vai "vendê-lo caro" em caso de derrota e usou o termo "vou para o pau" para o confronto.

"Surpresa (do Santos) não vai ter nenhuma, vamos fazer de tudo para que possamos vencer. Independente do que possa vir a acontecer, o Santos vai brigar. Brinco com o meu pai que vamos vender o Fusca, mas tem que ser caro. Então, vamos para o pau", afirmou.

O camisa 11 foi alvo de briga entre Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro, presidente santista, e Andrés Sanchez, diretor de Seleções da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). O mandatário sugeriu um desgaste do jogador devido a convocação, questionou o fato de não haver corintianos e até um possível "complô".

O atacante ironizou o cansaço, negou estar sobrecarregado por compromissos profissionais com os patrocinadores e brincou, sugerindo um "churrasco" entre os dirigentes para apaziguá-los.

"É bom ver os torcedores incentivando, mas amanhã (quarta) o jogo é no campo, são 11 contra 11. Dentro de campo a torcida não influencia. Do Neymar eles podem esperar muita força. Disposição não vai faltar", ressaltou o jovem.

Para se classificar, o Santos precisa vencer por dois gols de diferença ou por um, desde que com vitórias a partir de 2 a 1. Um triunfo por 1 a 0 leva o jogo para os pênaltis.


Neymar cita final como

Fonte: Terra