Neymar diz estar cansado de apanhar em campo: "Eu só tomo porrada"

Foi assim na estreia do Santos no Paulistão, neste sábado, quando Neymar marcou dois gols no triunfo por 3 a 1 sobre o São Bernardo.

O ano é 2013, mas a história continua a ser mesma. Neymar vai para cima dos seus marcadores e, muitas vezes, só é parado com faltas, algumas delas bem feias. Foi assim na estreia do Santos no Paulistão, neste sábado, quando Neymar marcou dois gols no triunfo por 3 a 1 sobre o São Bernardo, no ABC paulista. E, para não mudar o roteiro habitual, o camisa 11 deixou o gramado reclamando.


Neymar diz estar cansado de apanhar em campo:

"Agora, não estão só me dando pancada. Também ficam me falando besteira", chiou Neymar, que cavou a expulsão do volante Dudu, ainda no primeiro tempo. "Eu não cavo a expulsão de ninguém, eu só tomo porrada e são eles quem tomam cartão. É justo", respondeu ele, ao ser questionado sobre a violência do jogador do São Bernardo.

Mesmo apanhando, Neymar deixou o campo feliz, já que marcou dois gols e foi fundamental para o bom início do Peixe no Paulistão. "Eu consegui ajudar o time a vencer. Esse é sempre o meu objetivo. Eu parto para cima dos rivais e tento decidir os jogos", disse o jovem craque.

Muricy Ramalho saiu em defesa do seu principal jogador e reclamou da postura dos árbitros brasileiros.

"Antigamente, eles batiam bastante, mas agora estão provocando. O Neymar já está acostumado a tomar porrada, mas o que chateia ele é ser xingado por adversários. Os árbitros precisam punir sempre quem só bate em campo", comentou o treinador do Santos.

Fonte: UOL