Neymar é aconselhado a fazer menos firulas e nega menosprezo

Após o jogo, Neymar foi aconselhado pelo técnico são-paulino Emerson Leão a fazer menos

Autor de três gols na vitória por 3 a 1 do Santos sobre o São Paulo , pela semifinal do Campeonato Paulista , o atacante Neymar protagonizou diversos lances de efeito. O camisa 11 deu várias pedaladas, segurou a bola e distribuiu toques de calcanhar, irritando os rivais - o volante Casemiro , por exemplo, levou dois cartões amarelos e foi expulso. Após o jogo, Neymar foi aconselhado pelo técnico são-paulino Emerson Leão a fazer menos "firulas", mas negou qualquer menosprezo aos adversários.

"Conversei algumas coisas com ele. Disse que tenho muita preocupação, pois eu quero ver o Brasil vencer a Copa do Mundo aqui, como torcedor. Acho que posso passar algo para ele. Sempre a ajuda de alguém mais experiente é bom para o atleta. Todo mundo é técnico e fã, e a gente tenta ajudar", revelou Leão, na coletiva após a derrota que marcou a terceira eliminação seguida do São Paulo para o Santos em Estaduais.


Neymar é aconselhado a fazer menos firulas e nega menosprezo

"Ele (Leão) só me deu um toque a mais, para a minha carreira ficar ainda mais especial. Vou guardar para mim, não vou divulgar (o que ele disse), mas foi coisa boa", disse Neymar, que também sofreu com as reclamações do volante são-paulino Denílson para que prendesse menos a bola. "O Denilson falou para eu tocar a bola mais rapidamente, mas estávamos ganhando o jogo. Eu tinha de segurar um pouco mais, mas não fiz nada para menosprezar ninguém", completou.

O atacante, aliás, marcou neste domingo seu centésimo gol com a camisa do Santos . O feito foi atingido em uma cobrança de pênalti, logo no início do clássico. Minutos depois, aproveitando lançamento de Paulo Henrique Ganso , ele fez o segundo e seu 101º pelo clube. Já no 2º tempo, contou com falha de Dênis e ampliou, chegando a 102 gols. Com seus tentos, ele ajudou o Santos a bater o São Paulo por 3 a 1 e chegar pela terceira vez seguida à final do Campeonato Paulista.

"Mais uma vez, estamos na final, e pelo quarto ano seguido. Falei para o nosso time que é só jogar futebol. Eu falei lá dentro que se jogássemos um pouquinho só, tínhamos chance de vencer", comentou o atacante, que busca mais um título pelo Santos.

Fonte: IG